(Paulo) Wanderley Teixeira Perderá Eleição em 2.024.

(Paulo) Wanderley Teixeira escancarou que em 2.024 tentará dar o golpe do terceiro mandato. Para isso, jogou para escanteio seu vice-presidente, demitiu sumariamente Jorge Bichara e acabou por rechear o COB com a sua turma do judô. A entidade voltou a ter um fim em si própria e um projeto pessoal de poder do (Paulo) Wanderley Teixeira.

Nos meses que antecederam a eleição de 2.020, conversei com quase todas as Confederações. Era claríssimo que o (Paulo) Wanderley Teixeira perderia a eleição entre as Confederações. A insatisfação com o mau trabalho que ele executava no COB era inquestionável. Além disso, ele também despejava grosserias em alguns presidentes, como fez com José Vasconcellos, do Ciclismo, na frente do todos. (Paulo) Wanderley Teixeira disse que Vasconcellos não tinha direito de reclamar porque “era de um esporte que não dava resultado”. As Confederações eram em sua grande maioria muito oposição. Muito mesmo.

Demonstrando que não é um democrata, (Paulo) Wanderley Teixeira não foi ao debate promovido pela Sou do Esporte. Porém, no debate entre os candidatos a vice-presidente, Marco La Porta esteve presente. E saiu-se bem. E foi ali que ele, o candidato a vice, conseguiu abocanhar os votos dos atletas suficientes para a reeleição. (Paulo) Wanderley Teixeira não queria que seu vice fosse ao debate. Se não tivesse ido, a dupla teria perdido a eleição. (Paulo) Wanderley Teixeira, desastrado, deve sua vitória ao vice Marco La Porta.

Caso (Paulo) Wanderley Teixeira ainda estiver no cargo em 2.024, sua tentativa golpista do terceiro mandato irá certamente malograr. A imagem dele segue péssima entre as Confederações. Os resultados esportivos positivos, que eram obtidos pelo trabalho de Jorge Bichara, não existirão mais. Junto com Bichara, (Paulo) Wanderley Teixeira também expulsou o vice La Porta do círculo das decisões do COB.

No congresso olímpico, em Salvador, ouvi reclamações pesadas por parte de Confederações com relação a (Paulo) Wanderley Teixeira, inclusive com relação aos gastos exagerados com aquele evento. Aquele que teve sua carreira política no esporte construída sob as bençãos de Joaquim Mamede, está em baixa. Que o próximo presidente do COB seja alguém de quem o Brasil possa se orgulhar.

Categorias olimpismo

Um comentário em “(Paulo) Wanderley Teixeira Perderá Eleição em 2.024.

  1. Coitado do José Vasconcelos, levava cacetada do nefasto e leva desse também!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close