A Esefex e o Comitê Olímpico do Brasil.

A Escola de Educação Física do Exército (Esefex), fundada em 1.933, tem exercido papel preponderante no desenvolvimento do esporte brasileiro. Não apenas cedendo suas magníficas instalações a inúmeras modalidades, mas, também, formando profissionais competentes que vêm, ao longo da história, sendo protagonistas nesse segmento. Cito alguns nomes, de militares e professores de educação física graduados pela gloriosa Esefex:

Major Sylvio de Magalhães Padilha – atleta finalista olímpico em atletismo, em Berlim, 1.936. Presidente do Comitê Olímpico do Brasil. Presidente da Organização Desportiva Panamericana (atual Panam Sports). Vice-Presidente do Comitê Olímpico internacional. Chefe de Missão aos Jogos Olímpico em 1.948, 1.952, 1.956, 1.960 e 1.964.

Brigadeiro Jerônimo Batista Bastos – Vice-Presidente do Comitê Olímpico do Brasil. Presidente do Conselho Nacional de Desportos.

Coronel Eric Tinoco Marques – Atleta Olímpico do Pentatlo Moderno nos Jogos Olímpicos de Helsinki, em 1.952. Presidente do Conselho Nacional de Desportos.

General Antonio Pires de Castro Filho – Chefe de Missão aos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1.976.

Coronel Dickson Grael – Presidente da Comissão de Desportos das Forças Armadas. Redator do Decreto que regulamentou o Desporto Militar Brasileiro.

Marechal Edgar do Amaral – Vice – Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro.

General Ramiro Tavares Gonçalves – Secretário Geral do Comitê Olímpico Brasileiro.

Coronel Hélio Vieira – Atleta campeão brasileiro de esgrima. Presidente da Confederação Brasileira de Esgrima.

Coronel Arthur Telles Cramer Ribeiro – Campeão Panamericano de Esgrima. Presidente da Confederação Brasileira de Esgrima.

Coronel Alexandre França – Técnico medalhista olímpico, de Yane Marques, no Pentatlo Moderno.

General Décio dos Santos Brasil – Secretário Especial do Esporte do Governo Federal.

Sargento João Carlos de Oliveira – Recordista mundial do salto triplo. Tri campeão mundial do salto triplo. Duas medalhas Olímpicas de bronze no salto triplo, em Montreal 1.976 e Moscou 1.980.

Coronel Arno Périllier Schneider – Vice – Presidente da Confederação Brasileira de Esgrima.

Coronel José Benedicto Bonetti – Integrante do Comitê Técnico da FIFA.

Coronel Marco Antonio de Matos La Porta Júnior – Atual Vice – Presidente do Comitê Olímpico do Brasil. Chefe de Missão aos Jogos Olímpicos de Tokyo.

Coronel Antonio Pereira Lyra – Atleta Olímpico em Los Angeles 1932 e em Berlim 1936, tendo sido porta bandeira do Brasil em ambas edições.

Capitão Claudio Coutinho – Técnico da seleção brasileira de futebol da Copa do Mundo da FIFA de 1.978, tendo obtido a medalha de bronze.

A Esefex também formou professores de educação física civis, de enorme notoriedade no esporte. Menciono, também, alguns nomes: Ademar Ferreira da Silva; Admildo Chirol; Alexandre Alves Teixeira; Daniel Adler; José Maurício Capinussu de Souza; José Sylvio Fiolo; José Telles da Conceição; Lamartine Pereira da Costa; Manoel José Gomes Tubino; Maria Lenk; Régis Trois de Avila; Romulo Duncan Arantes; Ulisses Laurindo dos Santos; Waldemar Areno.

A Esefex formou e vem formando profissionais do esporte de grande importância. Perdoe-me por não mencionar todos eles, o que seria impossível de fazê-lo neste espaço. Procurei, aqui, selecionar alguns nomes que estão mais ligados ao COB e ao Movimento Olímpico.

Categorias olimpismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close