Recursos Privados Para O Movimento Olímpico do Brasil. Alberto Murray Neto.

20200306_190432Minha candidatura à Presidência do Comitê Olímpico do Brasil ressalta em sua plataforma divulgada à sociedade que é necessário trazer capital privado para o esporte. Eu e toda Equipe estamos trabalhando muito para que isso ocorra, mostrando nosso Projeto de AGENDA POSITIVA a empresários. Esta é a primeira carta recebida, de grupo empresarial interessado em apoiar as Confederações, Atletas e o COB caso vençamos o pleito marcado para 25.11.2.020.  A área da saúde é essencial. Na medida em obtivermos mais apoiadores privados, iremos divulgar. Estamos empenhados nisso.

Categorias olimpismo

2 comentários em “Recursos Privados Para O Movimento Olímpico do Brasil. Alberto Murray Neto.

  1. Roberto Pimentel março 7, 2020 — 8:43 am

    Olá Murray, parabéns pela transparência que pretende imprimir às ações no COB. Neste tema, gostaria de conhecer as propostas relativas à Academia Olímpica Brasileira, setor de meu interesse em colaborar efetivamente para a ciência no esporte. Muito embora membros da gestão anterior não tenham se apercebido da importância do Esporte de Base e Educacional para não só o Movimento Olímpico, mas também para a nação, tendo em vista seu caráter sócio-cultural. Creio que sempre foi desprezada, uma vez que poucos se dão conta de que antes de ser um atleta de ponta, o indivíduo precisa cultivar valores físicos, mentais e intelectuais. Para tanto, ao invés de “importarmos” técnicos. podemos ciar condições para sermos referência no ensino. Inclusive com a iniciativa privada. Gostaria de um dia mostrar-lhe o projeto, que como vocês, estou em busca de apoiadores. Torço para que tenham sucesso na empreitada.

    Curtir

  2. Roberto Pimentel março 7, 2020 — 9:18 am

    Em continuação…. Que tal projetarmos algo similar no Brasil – um Centro de Referência em Iniciação Esportiva – que se ocupe de estudos e pesquisas Metodológicas NA PRÁTICA, em tempo real. A foto ( ver CEV no facebook)refere- se ao que estão produzindo os holandeses em pequena cidade, com o Governo. No momento, interessaram-se em compartilhar comigo aspectos Metodológicos. Razão: a ainda precária formação de professores. Como na Tanzânia, que também estou assistindo pelo facebook e Linkedin. Na página do facebook português sovolei verá minhas insinuações até no COP, ao qual já dediquei um exemplar de meu livro História do Voleibol no Brasil, no período 1939 a 2000. Obra adjetivada como inédita, enciclopédica, memorialista e ‘de referência. Se ainda existir uma biblioteca no COB deve constar da prateleira, embora tenham se recusado a auxiliar-me quando da edição.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close