O Corona Vírus e a Olimpíada. Por Alberto Murray Neto.

Em 1.975 os Jogos Panamericanos seriam em São Paulo, no meio do ano. Uma epidemia de meningite na Cidade fez com que São Paulo abdicasse do direito de sediar a competição (na verdade, além da meningite, que era real, o governo federal havia cortado as verbas para os Jogos. Ainda assim, o Pan de 75 deixou um importante legado: CEPEUSP, raia olímpica e velódromo). Os Jogos Panamericanos foram realizados no mesmo ano, em outubro, na Cidade do México.

O caso do corona vírus é muito mais amplo que a meningite de 1.975. Ainda é cedo para se falar em pandemia, mas é uma doença que vem se alastrando por vários países rapidamente e cujo foco de origem é a Ásia, região que abrigará os Jogos Olímpicos a partir de julho. Se a questão não for debelada rapidamente, sim, a realização de Tokyo 2020 estará em risco. O Comitê Olímpico Internacional  (“COI”) está atento ao fato e fez um comunicado importante a esse respeito. O COI nunca colocaria em risco a juventude do mundo, ainda que os prejuízos do adiamento, ou cancelamento, sejam vultosos (o contrato firmado entre o COI e cidade sede contempla cláusulas que tratam de adiamento/cancelamento em caso de pandemias, desastres naturais e outros).

Há um ponto que necessita ficar claro. Pela Carta Olímpica, os Jogos Olímpicos devem ser realizados, obrigatoriamente, a cada Olimpíada. O significado da palavra Olimpíada é o interregno de tempo de quatro anos. Isto é, a cada quatro anos, portanto a cada Olimpíada, as cidades gregas paravam as guerras para, em homenagem a Zeus, celebrar a paz por meio de competições esportivas.

Isso significa que, pela lei Olímpica os Jogos devem, obrigatoriamente, ocorrer em 2.020. Pelas regras que ainda vigoram (criadas no início dos Jogos Olímpicos da era antiga, sendo mais do que milenares) não há hipótese de os Jogos Olímpicos serem postergardos para 2.021. Durante as duas grandes guerras mundiais o COI respeitou as normas da Carta Olímpica e as tradições e considerou como Olimpíada os anos em que os Jogos não se realizaram por conta dos conflitos.

Espero que o corona vírus seja controlado rapidamente e não afete a maior festa do mundo, o que seria horrível, principalmente, para os Atletas que tanto lutam para estar lá. Entretanto, se a moléstia implicar pandemia, com riscos, será mais uma dura provação para o Movimento Olímpico.

Categorias olimpismo

Um comentário em “O Corona Vírus e a Olimpíada. Por Alberto Murray Neto.

  1. Seria uma pena muito grande a não realização do JO. Sei, muito bem o que passa pela cabeça dos atletas. Esperamos com muita Fé que não seja dessa forma.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close