Considerações Sobre O Bolsa Atleta.

1. Não sou contra a Bolsa Atleta. Mas como já disse, isso está longe de ser política de desenvolvimento de esporte, como questão de educação e saúde pública. Assim, em primeiro lugar, gostaria que o Ministério do Esporte, em conjunto com o da Educação e da Saúde, com o Comitê Olímpico do Brasil ,  Confederações e Clubes formadores, trabalhassem em uma política de massificação, democratização e acesso ao esporte, naquilo que tradicionalmente, na literatura esportiva mundial, chamou-se Esporte para Todos.

 

2. Não gostaria que os atletas se contentassem com pouco, com um mero programa assistencialista, enquanto eles poderiam ter muito mais se o Esporte fizesse parte das prioridades do Estado. Gostaria de ver os atletas lutando pela implantação dessa política e, a longo prazo, auferindo os benefícios dela. Quando o Brasil ficou independente, para citar um exemplo, a Inglaterra já tinha uma lei que obrigava a prática da Educação Física na Escola. Essa politica existe até hoje e veio sendo aperfeiçoada. O esporte sendo levado a sério, como política de Estado, faz o atleta prescindir do Bolsa Atleta. O Bolsa Atleta deve ser o início e não um fim em si próprio. Deve ser um mero complemento, um auxílio pontual e não ser tomado como o único programa de esporte do País. Bolsa Atleta não democratiza o acesso ao desporto. Os mais pobres seguem sem possibilidades de praticar esportes. Apenas cerca de 12% das escolas públicas têm algum tipo de quadra para praticar esportes. Isso não mudou nada após o Bolsa Atleta.

 

3. Isto posto, reitero que não sou contra o Bolsa Atleta, ao contrário, sou pela manutenção e até ampliação. E essa ampliação só poderá ocorrer se forem corrigidas as distorções. Há muitas fraudes no Bolsa Atleta. Recebo denúncias de que em várias modalidades pessoas que não têm mais qualquer condição de aperfeiçoar e incrementar sua performance de alto rendimento, recebem essa parcela de dinheiro público. Por exemplo, há gente mais velha, que seguramente não tem nenhum futuro em alto rendimento recebendo essa verba pública. Há pessoas que sequer atletas são, que se inserem em equipes, como reservas, que ganham bolsa atleta. Há estrangeiros que ganham bolsa atleta. A regulamentação do Bolsa Atleta manda que para pagar esse benefício em provas de equipes, são necessárias que, pelo menos, cinco equipes tenham participado do certame. Isso muitas vezes não ocorre. As provas de equipe, em diversas ocasiões, têm menos de cinco equipes e os resultados não deveriam valer para o Bolsa Atleta. Há vários outros tipos e modalidades de fraudar o espírito da lei. E para isso ocorrer, pode haver conivência, ou omissão, de entidades. Por isso que minha proposta é criar mecanismos efetivos de controle maciço das fraudes. Conscientizar as Confederações que elas não podem endossar Bolsa Atleta para essas situações. Uma vez detectada a fraude, o benefício deve ser imediatamente cancelado e atletas, clubes, federações e confederações eventualmente envolvidos devem ser rigorosamente punidos. A lei deve mudar para contemplar as hipóteses e as gradações das penas.

 

4. Bolsa Atleta é programa de rendimento e não assistencial (como é o Bolsa Família). Programa de rendimento é auxiliar à preparação dos atletas que, comprovadamente, podem, com esses recursos públicos, melhorar suas performances no cenário do alto rendimento, sobretudo internacional. Por isso acho que se tem que encontrar uma fórmula de limitação de idade. Pessoas com 35 anos, 40 anos, por exemplo, sabidamente não terão futuro de rendimento em nível internacional. Estão em fase de encaminhamento do fim de carreira. Não deveriam receber Bolsa Atleta que, repito, é programa cuja essência busca efetivamente o alto rendimento. Esses atletas em fim de carreira, ou já em fase descendente de carreira, não deveriam ter direito ao Bolsa Atleta (dinheiro governamental). Isso tem que ser ajustado na lei do programa Bolsa Atleta.

 

5. Quem recebe Bolsa Atleta tem que estar em plena atividade por todo exercício e enquanto receber esse dinheiro público. Já ví casos de grandes atletas que recebem Bolsa Atleta e, no meio da temporada, resolvem voluntariamente abandonar as competições de rendimento. Esses deveriam parar de receber imediatamente.

 

6. Também acho que atletas que possuem outras fontes substanciais de renda, patrocínios públicos e privados, ou prêmios de seus resultados obtidos em competições nacionais e internacionais, não deveriam receber Bolsa Atleta. Exemplos: os grandes atletas Tomaz Belucci, Bruno Soares e Marcelo Melo, astros do tênis mundial, têm vários outros patrocínios e recebem prêmios vultosos. Esses atletas não deveriam receber Bolsa Atleta. Eles não precisam. O dinheiro que vai para eles poderia ser utilizado para ampliar o programa Bolsa Atleta para pessoas cujos valores realmente fazem a diferença .

 

7. Esses são alguns ajustes que eu faria no Programa Bolsa Atleta, para que haja possibilidades de ampliá-lo, moralizá-lo e fiscalizá-lo. Estamos tratando de dinheiro público. E isso é muito sério.

 

8. Reitero que se o esporte não caminhar ao lado da educação nada fará sentido. Por isso que muito mais importante que o Bolsa Atleta é brigar pela política nacional de Estado do esporte para todos, como elemento de saúde e educação. A cada dólar investido no esporte o Estado estará economizando três dólares na saúde. A Educação Física deve ser inserida na grade escolar com a mesma relevância que as demais disciplinas, tais como português, matemática, química, história, geografia e outros. O professor de educação física não pode ser tratado como professor de segunda classe. É necessária uma mudança de mentalidade.  Criar no Brasil uma mentalidade Olímpica.

Categorias olimpismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close