Home

Anúncios

Esses são os mais destacados dirigentes do esporte nacional dos últimos tempos: José Maria Marin, preso nos EUA; Ricardo Teixeira, investigado no Brasil e no exterior e impedido de deixar o Brasil; Marco Polo Del Nero; investigado no Brasil e no exterior e impedido de deixar o Brasil; e Carlos Arthur Nuzman, investigado no Brasil e no exterior e impedido de deixar o Brasil. Essa é a cara feia do esporte brasileiro, que tem que mudar.

Agora é fácil chutar cachorros mortos. O mais difícil foi, há pelo menos dez anos, denunciar e vaticinar que o modelo imposto por essa gente acabaria dessa forma. Não foram muitos que tiveram essa coragem. Mas aqueles que o fizeram, gente de qualidade, estavam certos. Houve momento em que essa cartolagem tinha certeza absoluta que estaria indefinidamente impune. Após os Jogos Olímpicos do Rio, o famigerado Nuzman ainda zombou da cara do Brasil e, em entrevista coletiva, disse: “Você vão ter que me engolir”. Eu escrevi e falei tantas vezes que a Copa do Mundo e as Olimpíadas, juntas, seriam dos grandes escândalos de corrupção do Brasil, dos maiores de todos os tempos. Apontei, por diversas vezes, com clareza, as mazelas que vinham sendo praticadas pela cartolagem olímpica, indicando quais os caminhos de investigação a serem perseguidos. Os políticos brasileiros davam de ombros, estavam gostando da festa. Hoje o ex Ministro do Esporte. Orlando Silva, o mesmo da tapioca e do suspeito Programa Segundo Tempo, concede uma entrevista cínica ao Blog do Perrone, como se houvesse sido pego de surpresa. Ele não passa de mais um político cínico e covarde, que fugiu do debate comigo quando chamado para tal da Comissão de Educação e Esporte do Senado Federal (os vídeos estão disponíveis no Youtube). Orlando Silva preferiu acreditar nesses cartolas malfeitores e não dar ouvidos a quem denunciava.

Se o investigado Nuzman permanecer à frente do COB só vai contribuir para piorar ainda mais a situação do esporte olímpico do Brasil. Ele deve renunciar imediatamente. E se não o fizer, que as Confederações esportivas não se acovardem  e convoquem uma assembleia geral para tirá-lo do cargo. Que não se perca mais tempo para por prática medidas para limpar o esporte dessa gente e iniciar uma nova era.

%d blogueiros gostam disto: