Home

A nova CBB, administrada pelo atleta e empresário Guy Peixoto, anunciou que vai adotar para as seleções nacionais a lendária camisa listrada verde e amarela. Pode parecer uma medida irrelevante, mas não é. Os atletas que vestiram a camisa listrada são responsáveis por três medalhas Olímpicas, dois títulos mundiais e muitas outras conquistas que mantiveram o basquete brasileiro, por cerca de quarenta anos, dentre as maiores potências do planeta. A camisa de listras verticais representa um basquete vencedor e popular, de uma época em que os jogos lotavam ginásios e eram transmitidos ao vivo pelo rádio. O basquete brasileiro decaiu tanto, que para reerguê-lo não são necessários apenas bons projetos, mas, também, resgatar a sua autoestima. A gerarão atual de jogadores e o público que gosta desse esporte têm que ter conhecimento do seu glorioso passado. Tenho a impressão que nem todos os jogadores da atual geração conhecem bem a história de conquistas do nosso basquete. Essa história não pode, nunca, ser esquecida e será o alicerce para o futuro. A “velha e nova” camisa é o símbolo de união entre o passado vitorioso e o futuro de reerguimento. A CBB também colocará em seu escudo uma alusão aos três títulos mundiais, com trêa estrelas douradas.

%d blogueiros gostam disto: