Cerimônia de Abertura da Olímpiada Mostra Volatilidade de Sentimentos.

Eu não tinha dúvida alguma de que a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos seria bonita. A equipe contratada para realizá-la é muito competente. E a cerimônia inaugural da Olimpíada é, tradicionalmente, uma festa de bom gosto. O COI e o Comitê Organizador têm preocupação que esse seja um evento marcante. A festa de abertura é uma etapa relevante do certame. É bem diferente de Copa do Mundo de futebol, em que as celebrações de abertura não têm importância, é algo rápido, sem ênfase, já que o ponto alto é o jogo inaugural, que acontece logo em seguida.

Não obstante a beleza da cerimônia da abertura Olímpica brasileira, é essencial distinguir que festa é festa, nação é nação. Ví muita gente que um dia antes da abertura protestava contra as mazelas do país, de diversas vertentes políticas e, no dia da cerimônia bradava “que orgulho de ser brasileiro”. Ora, não é possível que uma festa bonita e alegre, de cerca de quatro horas, seja capaz de fazer esquecer as várias coisas que ainda precisam melhorar muito no Brasil.

Não é possível que uma festa, apenas, sirva para, em tão pouco tempo, fazer um sentimento ir de um extremo ao outro.

As manfestações de ufanismo exagerado que vī, lí e ouvi deveriam ser parcimoniosas.

Festa é festa. Esporte é esporte. E país é país.

Categorias olimpismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close