Home

Os Atletas, Unidos, Podem Mudar Tudo.

fevereiro 23, 2016

A enorme maioria dos atletas não está satisfeita com a forma como é gerido o esporte no Brasil. Apesar de o esporte olímpico receber muito dinheiro público, quase nada chega a eles, que são a única razão de tudo isso existir. Os atletas gastam dinheiro que não têm para tentar manter-se na ribalta, na luta por condições melhores e resultados de nível elevado.

Basta olhar os números que facilmente verifica-se que mais de 50% do dinheiro público destinado às entidades diretivas do desporto nacional acabam ficando nas burocracias das próprias entidades, gastos administrativos e não vai ao técnico e ao atleta.

Como o esporte tende a ser um meio muito autoritário, em que a cartolagem faz de suas modalidades feudos de si próprios e de seus apaniguados, os atletas, com medo de perder o pouco que têm, sofrem em silêncio as agruras dos desmandos administrativos.

Se os atletas estivessem unidos para reclamar sobre tudo aquilo que está errado, expondo e protestando de forma veemente, tenho certeza de que eles mudariam as coisas.

Lembremo-nos de que Nelson Nastas só foi defenestrado da presidência da Confederação Brasileira de Tênis quando os atletas tomaram uma atitude radical e correta, fizeram greve, deixaram de entrar em quadra e, até mesmo, recusaram convocações para servir à seleção brasileira na Copa Davis.

Há outros casos em que equipes e atletas rebelaram-se contra cartolas e os atletas, unidos, sempre venceram.

Claro que sempre haverá os atletas desfrutáveis, os bajuladores, que si, que têm ambições políticas nebulosas. Mas esses são minorias e mal vistos por seus pares. São facilmente identificados.

Os atletas devem consciência de sua força e capacidade de mudar, permanecer unidos, mobilizados. Fazendo assim, eles vão mudar muitas das coisas contras quais, hoje, reclamam de forma recorrente.

 

Anúncios

One Response to “Os Atletas, Unidos, Podem Mudar Tudo.”

  1. Vicente Alves Says:

    Saudações. Atualização em Março de 2016, da Pauta de Reinvindicações, sugerida por este torcedor. 1. Alteração do estatuto das Confederações e Federações Esportivas para , desde já, permitir a facilitação de livre criação de chapas para a concorrência a presidência por eleições periódicas, permitindo e aumentando o poder de votos para atletas, e clubes da série A, B, C, D . 2. Mais democracia nas séries A, B, C , D, do brasileirão, prevendo ascensão e descensão, até aos cinco primeiros e últimos de cada série , aumentando o valor econômico das séries B, C, D, induzindo mais patrocínios e  interesses da mídia nacional e internacional 3. Calendário de jogos o ano inteiro para clubes médios e menores, com campeonatos regionais de séries C e D do brasileiro, evitando altos custos, aumentando o interesse regional pelos campeonatos, viabilizando mais patrocínios.  Cada série C e D,  poderia ter,  pelo menos , três  campeonatos regionais. 4. Criação de Taças ou Copas , Estaduais ou Regionais,  com duração aproximada de um mês,  no início do ano,  em substituição aos campeonatos estaduais,  com critérios de classificação pelo desempenho das Séries A, B, C, D do Brasileirão.  5. Critérios de Licitações e contratações públicas, e transparência de contratos entre clubes e empresas de mídia , evitando o monopólio de uma rede de televisão e mídia,  em contratos com a maioria dos clubes, atraindo a mídia nacional e internacional e patrocinadores, para investir, em campeonatos , taças e ligas esportivas. 6. Criação de um comitê de ética da modalidade, pelas Confederações e Federações, com critérios de combate a eventuais corrupções e desvios de valores recebidos ilegalmente por dirigentes pelos campeonatos brasileiros, estaduais, taças, torneios,  e jogos da seleção, com canal de diálogo das Confederações e Federações Esportivas com atletas, torcedores, imprensa, outros. 7. Apoio, pelas Confederações e Federações, da criação das ligas independentes de clubes, COM PROTEÇÃO A DIVULGAÇÃO DE “NAMING RIGHTS” DE SEGUNDO NOME DE CLUBES, NOME DE LIGAS ESPORTIVAS,  BEM COMO DE ARENAS , ESTÁDIOS, CENTROS DE TREINAMENTO OU ASSEMELHADOS, OBRIGANDO A DIVULGAÇÃO DO NOME DO PATROCINADOR DETENTOR DE “NAMING RIGHTS” EM NARRAÇÃO DE PARTIDAS OU EVENTOS ESPORTIVOS,  INDUZINDO INVESTIMENTO PRIVADO NACIONAL E INTERNACIONAL NA GESTÃO DESTES ATIVOS, alterando-se o artigo 42 da Lei Pelé, 9.615/98. 8. Debate entre clubes,  atletas, e outros envolvidos,  sobre a remoção do limite estatal de cinco anos, referido no artigo 29 caput e 30 da Lei Pele, 9.615/98 – primeiro contrato especial de trabalho desportivo – podendo prevalecer o já previsto no artigo 428, DA CLT, contrato de aprendizagem, 14 a 24 anos, limite de dois anos, dinamizado e liberalizando o prazo do contrato, a ser livremente negociado entre clubes e atletas , possibilitando a formação de mais e melhores atletas. 9. Alteração na Lei 10.891/2004, da Bolsa Atleta, prevendo convênio com faculdades e outras instituições de ensino, remunerando técnicos e profissionais correlatos, incentivando a criação de Centros de Treinamento, nas respectivas instalações.  10. Criação das loterias esportivas digitais, como importante fator de fomento às modalidades,  incentivando a criação de ativos digitais aos clubes, bem como plataformas digitais de relacionamentos.  11. Eleição de treinador da seleção e não apenas nomeação. 12. Gestão digital dos campeonatos, facilitando o acesso popular , pela internet , ao torcedores, dos jogos dos clubes, induzindo a criação de ativos digitais e plataformas de relacionamentos dos clubes. 13. Criação de uma Agência Nacional do Esporte , fiscalizadora de licitações, contratos negócios, gestões de clubes, federações e confederações esportivas, evitando desvios de conduta e monopólios .

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: