Home

O Zika Vírus E Os Jogos Olímpicos.

fevereiro 9, 2016

Os principais jornais europeus dedicaram-se ao assunto do Zika vírus e puseram em dúvida a capacidade do governo brasileiro em controlar o que chamam de “epidemia”. Inexoravelmente que as matérias jornalísticas referem-se, ainda, aos Jogos Olímpicos, que serão no Rio de Janeiro em agosto. Não importante jornal francês escreveu, na capa, que depois do Ebola, Sars e H1N1 vem o Zika.

É curioso ver como alguns brasileiros sentem-se indignados, ofendidos, quando um atleta, ou alguém, veicula a possibilidade de não vir aos Jogos Olímpicos com medo da doença. Essas pessoas deveriam voltar sua revolta para os governos, incapazes de debelar a moléstia. É muito natural que estrangeiros não queiram vir a um país em que estarão sujeitos a contrair o Zika. Garanto que esses brasileiros indignados também não viajariam para os locais de foco de Ebola no auge da epidemia.

É necessário que as autoridades brasileiras deixem de “mimimi” e deem respostas positivas e concretas de que as delegações estrangeiras poderão vir ao Brasil com tranquilidade, mostrando, de forma transparente, quais as medidas eficazes que estão tomando para controlar a proliferação do vírus. Dizer, por exemplo, que “em agosto é inverno no Rio e o mosquito desaparece” não dá conforto e segurança a ninguém. Apenas reforça a ideia de que o Brasil é o país da imprevidência, que conta apenad com a sorte e que, além disso, não há nada sendo feito.

O Brasil perderá muito, sim, sem atletas norteamericanos, quenianos e de qualquer outra nacionalidade, que porventura deixem de vir aos Jogos Olímpicos. Se for necessário, o Brasil deve pedir ajuda internacional. Isso não diminui ninguém.

Em 1.975, pouco tempo antes dos Jogos Panamericanos que seriam em São Paulo, o governo federal mandou que eles fossem cancelados em virtude da epidemia de meningite na cidade. Embora a meningite tenha realmente assolado São Paulo naqueles meses, o verdadeiro motivo do governo federal para ordenar o cancelamento dos Jogos Panamericanos foi a falta de dinheiro. Mas para não abalar a imagem do Brasil no exterior, para não dizerem que era falta de verba, usaram a meningite como desculpa. Agora a situação é diferente. Dinheiro públicp para evento esportivo de grande porte é o não falta. Ou o Brasil dá respostas efetivas de que está tomando as medidas corretas para combater o Zika, ou podemos ter defecções importantes nos Jogos Olímpicos.

Com alguns grupos, os governos até podem fazer acordos para não molestar a cidade durante os quinze dias de Jogos Olímpicos. Com os mosquitos, esse tipo de acordo é impossível.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: