Home

Nuzman Quer Ficar Mais Quatro Anos “Para Prestar Contas”.

março 12, 2015

Apesar dos pesares, havia um certo clima festivo nos meios esportivos, pois o fim da era Nuzman no Comitê Olímpico do Brasil (“COB”) avizinhava-se. Tudo indicava que finda a aventura olímpica de 2.016, o cartola iria para casa, vestir suas pantufas e, quando muito, dirigir os seus times criados no play station, confortavelmente sentado em sua poltrona.

Eis que surge a notícia que Nuzman articula uma candidatura para permanecer por mais quatro anos à frente do COB.  Existe resistência na Assembleia Geral da entidade. Há presidentes de Confederações que estão desgostosos. O argumento do Pajé Olímpico é que necessita de mais quatro anos para “prestar contas”. Ora bolas, e para prestar contas ele deve necessariamente estar na presidência do COB? Obviamente que não. Ao contrário, melhor que esteja fora. Se por acaso quer prestar contas do que esportivamente fez, ou deixou de fazer, para o Olimpismo do Brasil, que o faça de longe. Se a ideia é prestar contas dos investimentos e dispêndios feitos com os Jogos Rio 2.016, pode fazê-lo de sua casa, na medida em que for convocado para tal, perante as autoridades constituídas, para os atletas e para o povo brasileiro.

Esse argumento de que “tenho que ficar mais quatro anos para prestar contas” é uma desculpa mais do que esfarrapada para não largar o osso.

É hora de arejar o ambiente envelhecido do COB, abrir espaço para gente mais jovem, com ideias diferentes e cujos interesses estejam mais em consonância com as pretensões dos atletas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: