Home

As Mensagens de Nuzman Sobre O Legado Olímpico.

fevereiro 24, 2015

Nuzman não perde uma chance de alardear ao Brasil que “os Jogos Olímpicos são o maior legado que um país pode receber.” Hoje o twitter do Ministério do Esporte reproduziu essa frase do cartola. Os Jogos Olímpicos podem, sim, ser um legado importante ao país, mas não “o maior”.

Por outro lado, os Jogos Olímpicos também podem ser um legado tenebroso a um povo. Basta que não sejam bem organizados, que os custos das obras estrapolem, que existam superfaturamentos, que se construam elefantes brancos, que não se crie um progama social e esportivo de longo prazo que esteja atrelado aos Jogos. A conta que um país pode pagar por falta de competência de seus organizadores é imensa e dolorosa. Vejam a bela cidade de Montreal, por exemplo, que em 1.976 realizou bela Olimpíada, mas cuja falta de critérios financeiros rígidos impingiu ao seu povo uma dívida que foi paga por cerca de trinta anos.

Lembrem-se dos exemplos que ficaram dos Jogos Panamericanos Rio 2.007, em que os custos das construções foram superfaturados em 1.000% por absoluta incompetência de seus organizadores. Foram construídas obras mambembes, como a Vila Olímpica, por preço altíssimo, que hoje virou um lugar inóspito, impossível de se viver, em que inúmeros moradores lesados ajuizaram ações judiciais para tentar amenizar seus prejuízos. Não se esqueçam do velódromo caríssimo, cuja justificativa para o preço tão elevado foi que poderia servir para os Jogos Olímpicos caso o Rio viesse a vencer a disputa para futuramente sediar o evento. E que o velódromo caro foi inteiramente demolido para que construísse outro, ainda mais caro, no mesmo local e tudo com dinheiro do povo. Rememoremos que as poucas facilidades esportivas que sobraram do Panamericano Rio 2.007 viraram elefantes brancos, são subutilizadas e não estão à disposição do povo da cidade. Sem falar nas promessas de despoluição da Baía da Guanabara, que não obtstante os recursos públicos destinados para tal, nunca ocorreu. E todos os demais fatos graves que foram, ou ainda são, objetos de processos no Tribunal de Contas da União.

Por isso que Nuzman erra novamente ao generalizar que os Jogos Olímpicos serão, sempre, o maior legado para uma nação. Ele diz isso para tentar convencer o Governo e o povo desse conceito, sob o método da repetição, objetivando o convencimento.

Muito cuidado! Ao contrário, sem gente competente organizando e planejando os Jogos Olímpicos, eles podem ser um péssimo legado para o Brasil. E considerando que a mesma gente que organizou os Jogos Panamericanos Rio 2.007 está planejando os Jogos Olímpicos de 2.016, as chances de haver legado negativo para o Brasil são enormes.

Anúncios

One Response to “As Mensagens de Nuzman Sobre O Legado Olímpico.”


  1. não tenho esperanças…
    A merda já foi feita. (Quase) ninguém do COB pensa a longo prazo, tanto esportivamente quanto socialmente/economicamente.

    Triste pensar que poderíamos ter um planejamento para sermos uma potência olímpica, termos um legado digno para a população… mas esse pessoal do Pan não demonstra credibilidade.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: