Home

” Nuzman, Pede Para Sair”. Texto de Paulo Henrique Amorim.

dezembro 13, 2014

Texto de Paulo Henrique Amorim.

Nuzman, pede pra sair.

O dinheiro tem que sair do Governo direto para os atletas.

13/08/2014

Nuzman diante do espelho: há alguém mais bonito do que eu ?
Carlos Nuzman é um Neymar: um narciso.

Carlos Nuzman é um Ricardo Teixeira – acha que é eterno.

Que, enquanto o jornal nacional não tocar nele, tudo bem.

O Brasil é a sexta economia do mundo e o 22º no esporte olímpico.

O Brasil investiu R$ 2 bilhões nas Olimpíadas de Londres e, com 3 medalhas de ouro, ficou atrás do Cazaquistão, do Irã, da Jamaica, da Coréia do Norte.

O dinheiro tem que sair do Governo direto para os atletas.

Tirar o Nuzman e os presidentes de federações e confederações do caminho.

A Jamaica teve quatro ouros.

O Brasil, três.

Como disse o Financial Times, na página 2, no dia 7 de agosto, “Bolt não nasceu do nada – as corridas de curta distância estão entranhadas na psicologia do jamaicano há um século”.

“Você não pode, de repente, instalar uma modalidade esportiva na superficie da Lua”, disse, na mesma reportagem, Lord Coe, o comandante inglês das Olimpíadas de Londres.

Os campeonatos escolares de corridas, na Jamaica, chegam a encher estádios com 50 mil pessoas.

Arthur Wint foi o primeiro jamaicano a ganhar um ouro nos 400 metros, em Londres, nas Olimpíadas de 1948.

De lá para cá, a Jamaica conquistou 61 medalhas.

Ben Johnson, “o infame canadense que ganhou dopado os 100 metros em Seul”, nasceu na Jamaica.

O Governo à frente, ao coordenar patrocinadores e investidores individuais aplicou dinheiro maciçamente em estádios de corridas – são cinco pistas sintéticas espalhadas por um país que é um pouco maior do que a Ilha do Governador e tem três milhões de habitantes – deve ser a população da Rocinha e do Vidigal …

E o Nuzman vem dizer que o rendimento de Londres sobre Pequim foi 43,9% maior …

“Dinheiro não compra medalhas”, disse ele ao Estadão, na página E1.

Mas, segundo “Cabaret”, com a Liza Minelli, “money makes the world go round”…

Depende em que bolso cai o dinheiro.

Faxina na cartolagem olímpica, Rebelo.

É só tomar conta da torneira !
Por Paulo Henrique Amorim

Anúncios

3 Responses to “” Nuzman, Pede Para Sair”. Texto de Paulo Henrique Amorim.”

  1. Sylvio Padilha Says:

    Fora Nuzman….antes que o tirem à força ou acabe de vez com o esporte olímpico nacional!! O Rebelo fugiu da reeleição na esperança de ficar até 2016, mas tampouco tem gabarito para estar onde está. O escândalo das empreiteiras vai retroagir à Copa e o PCdoB não vai sair ileso.

    • Legado Olímpico Says:

      O outro é um bananão.

      Onde está, por exemplo, a prometida pista do Duda em São José do Rio Preto ?

      Do jeito que a coisa anda (Rio, São José do Rio Preto, só pra citar duas cidades) daqui a pouco os nosso atletas vão ter que ir treinar na Lua.

  2. paulotf Says:

    Esse “pouco maior que a Ilha do Governador” foi apelação, hein. Ilha do Governador, 36 (trinta e seis) km². Jamaica, 10.991 km². Ou seja, 25% do tamano do estado do Rio de Janeiro (43.696 km².)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: