Home

Tem Gente Boba Na Rua Gritando Por “Intervenção Militar”.

novembro 1, 2014

Ouvi hoje no rádio que um punhado de gente saiu às ruas, em poucas cidades brasileiras, para protestar contra a Presidenta Dilma Rousseff. Até aí não vejo problema algum, pois o diteito de manifestação popular pacífico é salutar e engrandece a democracia. Que o povo brasileiro possa, cada vez mais, participar das decisões do País.

O que achei desproporcional, talvez por ignorância daquela gente (pior se for por ideologia mesmo), foram os brados pela intervenção militar no Brasil. É uma minoria, eu sei disso, sem representatividade alguma. Mas ainda assim merece o meu absoluto repúdio. São os ingênuos da renovação, que talvez não tenham ideia do que significaram os anos de intervenção militar no Brasil, em que a liberdade de expressão foi tolhida, muita gente perseguida, torturada e assinada por regime deplorável. E em que, também, havia muita corrupção. Empresas ligads ao regime ganhavam dinheiro fácil e Ministros importantes, eu sei, participavam da festa e enriqueceram no período às custas de seargos públicos.

Além do mais,  como se já não bastasse o atraso que o golpe de 64 impôs ao Brasil, intervenção militar agora a troco do que? O País vive plena democracia. Acabamos de vivenciar eleições amplas, democráticas, para os cargos mais importantes da República. Uma candidata venceu, o outro perdeu e pronto. Assim é o regime democrático. Cabe ao ganhador fazer o que de melhor puder e à oposição cumprir seu papel com responsabilidade.

Também lí bobagens sobre o “impeachment” da Presidenta. Ora, o “impeachment” é um dos institutos mais sérios das Constituições democráticas e não pode ser vulgarizado. Ele deve ocorrer em situações extremas, depois de esgotados todos os níveis do devido processo legal, com direito à ampla defesa do acusado. E as provas contundentes e inquestionáveis de corrupção, para pedidos de abertura de “impeachment”,  devem recair sobre sobre a pessoa do mandatário da República e não sobre seus assessores, Ministros, ou outros quaisquer. A gente que prega “impeachment” ou desconhece o direito, ou é mesmo golpista de carteirinha. E esses devem ser repudiados. Hoje mesmo já lí declarações de lideranças sérias do PSDB criticando esses desajeitados que apregoam “intervenção militar”, ou “impeachment”.

Saí do tema esporte. Mas hoje é necessário.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: