Home

Professor Pedro Barros Silva.

setembro 24, 2014

Soube, hoje, que no dia 29 de agosto morreu o professor Pedro Barros Silva. Atleta exemplar, foi jogador de basquete e graduou-se em Educação Física. Foi professor universitário e fez parte de uma geração de professores de educação física que fincaram as bases do esporte educacional no Estado de São Paulo.

Foi um dos mais importantes colaboradores do meu avô no Departamento de Esportes e Educação Física do Estado de São Paulo, o D.E.F.E. e no Comitê Olímpico Brasileiro. Um de seus amigos mais próximos.

Ajudou a criar e organizar as mais importantes competições de base em São Paulo, como Jogos Abertos do Interior, Jogos Regionais, Campeonatos Colegiais e tantos outros torneios cujo objetivo era massificar e democratizar a prática do esporte nas escolas públicas. Tinha a visão de que o esporte é, antes de tudo, elemento de educação e saúde. Ajudou a levar o esporte para a escola pública, quando isso sequer existia no Brasil.

No Comitê Olímpico Brasileiro (“COB”) também foi um colaborador muito próximo ao meu avô, com atuações marcantes. Foi Chefe e Sub-Chefe de várias missões brasileiras a certames olímpicos, panamericanos e sulamericanos e membro do Conselho Fiscal. Serviu ao Comitê Olímpico Brasileiro por muitos anos, sempre com competência e dedicação, sem qualquer interesse financeiro.

Integrou a Comissão Organizadora dos Jogos Panamericanos em São Paulo, em 1.963, tendo papel preponderante na realização daquela competição, considerada um sucesso e cujo legado para a Cidade se vê até hoje, um evento em que se gastou quase nada de dinheiro público.

Recentemente, a produção que fez o documentário sobre a vida do meu avô quis entrevistar o Professor Barros, para ter seu depoimento no filme, já que sempre trabalharam tão próximos. Mas àquela altura a família dele disse que já não reunia condições de dar entrevistas. Ficava muito emocionado. A última grande entrevista que me lembro do Professor Barros foi dada ao ótimo Jornalista Edgar Alves, à Folha de São Paulo, pouco antes dos Jogos Panamericanos do Rio de Janeiro, em 2.007.

O Barros fez parte de uma geração de Professores de Educação Física que entrou para história do esporte de São Paulo e do Brasil. Foram os precurssores da organização da prática esportiva nas escolas e da regulamentação da atividade do professor de educação física.

O Comitê Olímpico do Brasil, que tem o dever de manter viva a memória do nosso esporte, deve render ao Professor Barros as maiores homenagens.

Barros fez parte de uma época em que o esporte era coisa de gentlemen.

 

Anúncios

3 Responses to “Professor Pedro Barros Silva.”

  1. Ana Elisa Barros Huser Says:

    Obrigada pelas palavras de carinho. Papai sempre admirou muito seu avo.

    Ana Elisa

    Curtir

  2. Jubel Says:

    Tive a oportunidade e a honra de conviver e trabalhar com o prof. Barros por vários anos no Sesc .Sempre afável e disposto a ajudar a todos. Lembro que viajamos varias vezes para o interior de S.Paulo, visitando e ministrando treinamentos e palestras para professores das unidades do Sesc. Nas inúmeras viagens que fizemos ouvi muitas estórias sobre o esporte no Brasil, de sua vida como atleta. Sempre generoso, professor Barros me ajudou muito na minha formação profissional com exemplos e conselhos.

    Meus sinceros sentimentos a família, somente agora tomei conhecimento de seu falecimento.

    Jubel Raimundo Cardoso

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: