Home

Entrevista De Carlos Arthur Nuzman Ao Esporte Essencial Tem Respostas Dissimuladas.

março 25, 2014

Neste link está a entrevista exclusiva que Carlos Arthur Nuzman deu ao Portal Esporte Essencial http://www.esporteessencial.com.br/entrevista/carlos-arthur-nuzman-presidente-do-cob

É desalentador ler as resposta que Nuzman deu. Finge que os problemas gravíssimos do esporte brasileiro não são da alçada dele. Pior é se fingimento não for, mas se nosso Pajé Olímpico realmente acreditar que nosso olimpismo vive às mil maravilhas.

Na medida em que, com clareza, as perguntas vão sendo feitas, Nuzman segue o exemplo dos maus políticos e as responde de forma evasiva, fugindo do ponto crucial de cada uma delas. A embromação de Nuzman é tanta e ilimitada que a certa altura ele insere Robson Crusoé na sua resposta.

O que fica evidente é o autoritarismo de Nuzman que, mais uma vez, mostra absoluto desprezo pelas opiniões contrárias às suas e debocha das Confederações Nacionais, ao dizer que não existe ninguém mais capaz para assumir seu posto. Inclusive, o escárnio de Nuzman é dirigido a todos os atletas e demais integrantes do sistema desportivo nacional, como se somente ele tivesse condições de exercer funções relevantes. Nuzman parece ignorar que o mundo olímpico do Brasil está cheio dele e não vê a hora de renovação.

O mais perigoso, entretanto, é que Nuzman diz que os melhores frutos de seu trabalhos não serão colhidos em 2.016, mas em 2.020! Para quem prometeu fazer do Brasil uma “potência olímpica” em oito anos, obter resultados somente em 2.020 será um superfaturamento de anos.

Tomara que essa declaração nuzmica não reflita sua intenção de permanecer aonde está até 2.020.

Que em 2.020 Nuzman possa assistir aos Jogos Olímpicos feliz da vida, mas confortavelmente sentado na poltrona de sua casa, em frente à televisão.

Anúncios

One Response to “Entrevista De Carlos Arthur Nuzman Ao Esporte Essencial Tem Respostas Dissimuladas.”


  1. O senhor Nuzman esta desde de 1995 no COB, modalidades que distribuem varias medalhas como levantamento de peso, luta olímpica, tiro desportivo, ciclismo, atletismo, desportos aquáticos, esgrima, ginastica, remo, canoagem, remo, iatismo, taekwondo, tênis de mesa, numa olimpíada continua como antes da lei Agnelo-Piva com falta de investimento e de estrutura, tirando judô essas modalidades necessitam de infra estrutura, ou seja, desenvolver estas modalidades no Brasil inteiro, o senhor Nuzman detêm um investimento de 120 milhões de reais oriundos das loterias, dessa verba toda o COB fica com 80% , com esse dinheiro construiu um palácio lá na Barra da Tijuca e gasta com festas, casa brasil e etc . Na olímpiada no Rio 2016, várias modalidades estão repatriando atletas de outros países, ai eu gostaria de perguntar, que legado é esse? que investimento é esse? sediamos os jogos sul americanos em 2002, jogos pan-americanos em 2007 e agora as olímpiadas em 2016 nesses 12 anos não formamos atletas, temos que repatriar atletas de outros países.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: