Home

Gary Neeleman, o Amigo do Brasil e Incentivador dos Esportes.

fevereiro 7, 2014

Quando se fala em Gary Neeleman hoje dia logo se referem a ele como “o pai do David, dono da Azul Linhas Aéreas”. De fato o é e com muito orgulho, pois David, a quem conheci ainda muito jovem, é um exemplar empresário, brasileiro de nascimento e de coração. Mas muito antes do filho David ficar famoso, Gary já era um grande amigo do Brasil. Jornalista norte-americano, Gary morou longos anos no Brasil, como correspondente da UPI e por aqui teve alguns de seus filhos. Gary aprendeu a amar o Brasil e até hoje faz muito pelo País. Ele sempre teve uma predileção por esportes e ao longo de sua vida promoveu diversos intercâmbios entre atletas brasileiros e de Utah, seu Estado de origem. Proporcionou a muitos atletas brasileiros que, no início de suas carreiras, fossem para as universidades em Utah, para treinar em suas modalidades. Gary gastava dinheiro do próprio bolso para acolher atletas brasileiros em sua própria casa. Principalmente no basquete e no atletismo, muitos atletas do Brasil devem à Gary Neeleman a possibilidade de aprimoramento no exterior. A boa amizade que existia entre Gary e José Claudio dos Reis, um dos mais importantes dirigentes do basquete brasileiro de todos os tempos, da época em que esporte era coisa de gente bem intencionada, possibilitou que muitos times de basquete universitários viessem ao Brasil. Certa vez Gary trouxe para um torneio na Hebraica de São Paulo o time universitário em que jogava Magic Johnson. Foi uma final incrível contra o time de Marquinhos, Oscar, Marcel, Fausto, Carioquinha e outros, resolvido apenas na terceira prorrogação, justamente com um “chuá” do Johnson. Eu mesmo, na adolescência, enquanto atleta do Esporte Clube Pinheiros, passei uma temporada treinando atletismo e estudando em Salt Lake City sob os cuidados e atenções do Gary.

Há alguns anos, com todo merecimento, Gary ganhou do governo brasileiro o posto de Consul Honorário do Brasil em Utah. Na verdade, mesmo antes de ser oficialmente nomeado Consul Honorário, Gary Neeleman já era o ponto de referência dos nossos patrícios em Utah. Nunca negou auxílio a nenhum brasileiro que lhe tenha procurado, gente totalmente desconhecida, em alguns momentos em situações muito difíceis. Gary já escreveu muito sobre o Brasil, desde livro de culinária local, até sobre a história da construção da ferrovia Madeira Mamoré.

Resolvi escrever este texto sobre Gary Neeleman ao acompanhar o drama da nossa Atleta Laís Souza, em Utah. Imaginei que além de todos os cuidados médicos que a Atleta estaria tendo em Utah, certamente Laís e sua família também estariam tendo uma atenção especial, o carinho e a disposição de Gary Neeleman. Comuniquei-me com Gary e, não para minha surpresa, Gary e sua mulher Rose acompanharam Laís e seus familiares o tempo todo, dando total apoio, até sua transferência para Miami.

Gary Neeleman merece o respeito dos brasileiros, por tudo que faz por nosso País.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: