A Vergonhosa Participação do Basquete Brasileiro no Campeonato Mundial.

O vitorioso basquete do Brasil está envergonhado. Dono de medalhas olímpicas, títulos mundiais e tantas outras conquistas memoráveis, nosso time de basquete masculino somente estará no próximo campeonato mundial porque trabalhou politicamente junto à FIBA para ser “convidado” para uma festa cuja consumação mínima custará mais do que um milhão de Francos Suíços. Ou seja, além de entrar pela porta dos fundos, a CBB ainda terá que desembolsar uma enormidade de dinheiro público, já que é totalmente subsidiada por patrocinadores estatais.

Desde 1.996, coincidentemente quando começou a era Nuzman, o basquete brasileiro vem despencando ladeira abaixo, ainda que financiado com muito dinheiro público. Nosso basquete, que sempre esteve entre as quatro, ou cinco, pontências mundiais passou a ser considerada internacionalmente um time de quinto escalão. A participação nos Jogos Olímpicos de Londres, após anos de ausência, não foi ruim. Mas apenas e tão somente porque naquele certame estiveram presentes jogadores que atuam na NBA e na Europa, cuja formação e preparação não têm qualquer influência da CBB. Sem esses jogadores, o selecionado brasileiro de basquete é horroroso e está fadado a sucessivos fracassos.

Ora, se para ser competitivo o basquete precisa de seu exército de estrangeiros, para que serviu a montanha de verba pública que as estatais injetaram na modalidade até hoje? Será que não deveria o governo investigar o que há de errado e rever os conceitos? A questão é que não adianta dar dinheiro a gente incompetente, sem projeto. O campeonato nacional de basquete apenas continua atraente porque os clubes fizeram a liga independente e desgarraram-se da Confederação. Senão certamente teríamos um nacional modorrento, com a cara da cartolagem do Brasil.

Acho que a CBB não deveria ter aceito o “convite” que, sabemos, de “convite” mesmo não tem nada. Tratam-se de manobras políticas de bastidores e de pagamento de dinheiro. O dinheiro que a CBB gastará para participar desse mundial não trará nenhum benefício para o basquete do Brasil. Deveria ser utilizado para estruturar as categorias de base, cujos campeonatos também são combalidos. Deveria servir para ajudar a massificar esse esporte.

Quanto à seleção principal, o ponto chave é muito simples. Ou os “estrangeiros” jogam de modo a termos alguma chance, ou nosso basquete vai continuar tomando pau atrás de pau, enquanto as estruturas seguirem sendo como hoje em dia.

E atenção, porque o basquete feminino, que teve um período de apogeu, hoje, está em situação bem pior que o masculino.

Anúncios
Categorias olimpismoTags , ,

2 comentários em “A Vergonhosa Participação do Basquete Brasileiro no Campeonato Mundial.

  1. Reblogged this on Blog do Prof. Jean Magno.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close