Home

E Agora, Gesta de Melo?

agosto 7, 2012

Ao final dos Jogos Olímpicos de Pequim, após outra fracassada campanha do esporte presidido por Gesta de Melo, acuado por uma chuva de críticas, ele disse: “Além do Brasil, apenas outros cinco países tiraram medalha de ouro”. Não deu para entender a lógica de Gesta de Melo, nem o que ele quis dizer com aquilo. Será que ele estava querendo dizer que o Brasil era a quinta maior potência mundial no atletismo?

Quatro anos passaram-se e a Confederação Brasileira de Atletismo, presidida por gesta de Melo há quase trinta, recebeu neste ciclo olímpico R$ 26 milhões, sendo que R$ 24 Milhões foram de dinheiro público. E os resultados vistos em Londres são ainda piores do que os da Olimpíada anterior. O que Gesta de Melo dirá, desta vez?

Gesta de Melo deve ser severamente cobrado, a começar pelos órgãos governamentais que financiam sua Confederação. Em qualquer lugar sério do mundo, todo aquele que recebe dinheiro, público e privado e que não entrega resultado perde o seu cargo, por incompetência.

Dinheiro não faltou a Gesta de Melo. Faltou-lhe sim, capacidade de administrar bem os recursos que recebeu. E isso ele não fez. Ao longo de trinta anos, Gesta de Melo poderia ter criado um trabalho de base, de longo prazo, que teria dado ao Brasil uma geração consistente no atletismo. Mas o que vemos é o atletismo do Brasil
ainda dependendo de valores esporádicos, talentos ocasionais que, se não estiverem em um bom dia, deixa o país muito longe do pódium.

E que não se diga que houve melhora de resultados intermediários, com mais gente chegando às finais. Não houve evolução olímpica. Não fossem alguns Clubes que efetivamente dão boas condições aos atletas e técnicos para trabalhar, o atletismo de Gesta de Melo estaria ainda mais degradado. Dentre esses Clubes incluo a BM&F que há
muitos anos vem sendo o esteio do atletismo brasileiro.

Depois de trinta anos de uma política antiquada, paternalista, ao final deste ano Gesta de Melo deixará a Confederação. Acho que o balanço de seus sucessivos mandatos entrará para história como um fato negativo. Com tanto dinheiro, nesses anos todos, Gesta de Melo fez tão pouco, quase nada. E que ao sair, Gesta de Melo não deixe de ser cobrado pelo dinheiro que recebeu e pelo pouco que produziu.

Acredito que o novo presidente da Confederação, Antonio Carlos Martins Fernandes, terá as melhores condições de dar a reviravolta que o atletismo brasileiro requer. Temos excelentes técnicos na modalidade.

Anúncios

2 Responses to “E Agora, Gesta de Melo?”

  1. annairrera Says:

    Hi,
    I am a journalist and I am working on a story on preparations for the Rio 2016 olympics. I would appreciate getting in touch with you to ask you a few questions. My email address is anna.irrera@gmail.com.

    Thank you,
    Anna Irrera

    Curtir


    • A minha preocupação maior não é somente a saída de Gesta e a entrada seja de quem for e sim a permanência do apocalíptico Carlos Arthur! Enquanto ele estiver no comando a coisa seguirá sua cartilha!
      Obs: Mesmo que Sr C.N saia do poder, sabemos que a escola de políticas públicas brasileira segue uma cartilha continuísta que nunca beneficia a nação como um todo, independente da área (4 poderes).

      Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: