Home

Resultados Normais. Mais do Mesmo.

agosto 1, 2012

O desempenho do Brasil nos Jogos Olímpicos até o momento não é bom, nem ruim. É o esperado. É o de sempre. É mais do mesmo.

Já escrevi aqui que medalhas demais, ou de menos, não representam a realidade desportiva do país. E que há vários atletas em condições de ganhar medalha. Por isso que, por um detalhe, pode-se subir ao pódium, ou não.

As atuações de Leandro Guilheiro, Tiago Camilo e Cesar Cielo foram boas, embora não tenham ganho medalhas (Cielo ainda tem os 50 metros, em que é favorito). O problema é que muita gente, inadvertidamente, cria uma expectativa desmedida que provoca um clima de euforia que, às vezes, beira a histeria coletiva patriótica.

Ganhar o “Torneio Internacional da Cracóvia” (um exemplo fictício), não necessariamente qualifica alguém para medalha olímpica. Olimpíada é diferente de tudo.

O problema de se ter mais do mesmo é que com mais de R$ 2 Bilhões investidos pelo governo federal neste ciclo olímpico é que, pelo visto, essa quantia toda poderia ser melhor aplicada. Mas o Comitê Olímpico Brasileiro segue optando por gastar os tubos na Casa Brasil. Medalhas ainda virão nesses jogos, para o Brasil.

A boa nota de hoje é a exclusão de jogadores do Badminton que fizeram “corpo mole” para escolher adversários na fase seguinte da competição. Essa é uma atitude anti olímpica, anti esportiva, que dever punida.

Anúncios

3 Responses to “Resultados Normais. Mais do Mesmo.”

  1. Jorge Says:

    O problema que o governo até manda a verba para as confederações mais os caciques (presidentes das Confederações)fazem o que querem e os atletas acabam recebendo migalhas,

    Curtir

  2. Edsao Says:

    Caro Jorge, isso é verdade apenas com uma meia dúzia de Confederações: Volei, Natação, Atletismo, etc, ou seja, aquelas em que o presidente da entidade é amigo íntimo do Presidente do COB. A maioria das confederações nacionais não recebe o suficiente nem para ter o minimo de infra-estrutura. A razão disso é que o COB usa os recursos publicos da lei Piva para pagar a sua enorme folha de pagamento, e sobra pouco para distribuir entre as confederações de médio e pequeno porte, que correspondem a mais de 2/3 das entidades filiadas ao COB.

    Curtir

  3. Carlos Eduardo Says:

    Se o Brasil ficar abaixo das expectativas no quadro de medalhas, o COB vai jogar a culpa nas confederações. O quadro final vai refletir o que todos nós já estamos cansados de saber: se faz necessária uma mudança drástica no comando do COB e de algumas confederações. Precisamos de sangue novo, idéias novas, oxigenação, etc. Alguns cartolas estão no poder a tanto tempo que perderam o horizonte, e o resultado esta aí em Londres. Espero que os presidentes das confederações tomem vergonha e coloquem o Nussman e sua turma para fora. Se não o fizerem em 2012, não conseguirão fazer as mudanças necessárias antes de 2016.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: