Home

Esporte na Escola. Vontade Política.

setembro 22, 2011

Meus filhos estudam numa escola que sempre deu muita importância ao esporte. Ela foi escolhida, entre outros predicados, justamente por inserir a educação física na grade escolar com a mesma relevância das demais disciplinas. Os alunos aprendem, desde cedo, que praticar esportes faz parte da formação deles, da mesma maneira que o português, história, matemática e química.

Nesta semana começa uma competição esportiva que envolve toda a escola. São inúmeras modalidades. Evidente que não se pode comparar esse colégio com a rede de escolas públicas do Brasil. O colégio em questão de um complexo esportivo de fazer inveja a muito clube bom espalhado por aí.

O que é importante ressaltar é a vontade política que essa escola tem de desenvover a prática da atividade física entre os seus alunos. Essa mesma vontade política poderia nortear as ações dos governantes.

Se tivéssemos governantes dispostos a inserir o esporte escolar na rede pública de educação com a seriedade que merece, a situação do país nessa área deixaria de ficar à mercê da própria sorte, para seguir trilhas mais promissoras.

Na década de 50 o esporte na escola pública no Estado de São Paulo era tratado com o destaque necessário.

Uma pena que o esporte e os professores de educação física tenham passado a ser considerados “objetos” de segunda classe por quem governa o Brasil.

E o dinheiro que o Brasil despeja no esporte, tem sido maioritariamente na elite, na alta performance.

Um contra senso em um país tão carente de políticas sociais, como é o Brasil.

Anúncios

3 Responses to “Esporte na Escola. Vontade Política.”

  1. Celso Says:

    Caro Alberto, meu contato com o esporte foi exatamente assim!!! Ate hj faz parte da minha vida!

    Curtir

  2. Helder Says:

    Caro Alberto, por favor, diga que escola é essa. Trabalhamos voluntariamente com o ensino do Xadrez na rede pública como ferramenta pedagógica no apoio ao desenvolvimento escolar. Assim como o esporte em geral, apesar dos benefícios para seus praticantes, é extremamente difícil que alguma autoridade se sensibilize e apoie. Assim, o caminho que nos parece menos tortuoso para a sua aplicação na educação infantil, é justamente através do seu aspecto esportivo. Por favor, você saberia me dizer se esta escola inclui o Xadrez na grade curricular, ainda que seja como oficina ou atividade extra-turno?

    Curtir

  3. Adilson Says:

    Convenhamos que os professores de Educação Física têm a sua parcela de culpa nesse estado de coisas. Mesmo se levando em conta as condições de trabalho, os baixos salários e o desrespeito por parte das autoridades e dos alunos, fazer da aula de educação física um discurso anti-esporte e anti-atividade física não poderia ter outro resultado.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: