Home

Os Resultados Finais Do Campeonato Mundial Júnior De Natação, Em Lima, No Peru.

agosto 22, 2011

Terminou o Campeonato Mundial Júnior de Natação, que se realizou em Lima, no Peru. A própria Confederação Brasileira de Desportos Aquáticas (CBDA) expôs em seu sítio, na internet, que esse torneio já seria um teste para 2.016. Leiam no http://www.cbda.org.br/notícias/brasil-comeca-a-testar-geracao-2016 .

Então vamos aos resultados dos testes:

O nosso “País Olímpico”, Brasil, encerrou sua participação com uma medalha de bronze isolada, na 17a. colocação.

Reparem em algum Países que, embora sem tradição na natação, colocaram-se melhor do que o Brasil: Egito, Eslovênia, Croácia e Grécia, para citar apenas quatro.

A natação feminina ficou muito aquém do que obteve no mundial júnior anterior, em 2.008, em Monterrey. Em 2.008 a natação júnior do Brasil chegou a 4 semi finais

Em Lima, 2.011, a única nadadora brasileira que conseguiu passar das eliminatórias foi a Carolina Bergamaschi, que nos 50 metros nado livre, foi a semi final. Aliás, Carolina Bergamaschi foi a única brasileira qualificada a disputar o mundial júnior de Lima. Na edição anterior, em 2.008, sete brasileiras estiveram tecnicamente aptas a disputar aquele campeonato mundial.

Em 2.008 o Brasil disputou as 3 provas de revezamento feminino. Em 2.011, o Brasil não conseguiu formar sequer uma única equipe de revezamento de mulheres.

Na natação masculina o Brasil atingiu, em Lima, 6 finais e 6 semi finais. É o mesmo número de finais obtidas em Monterrey, em 2.008, porém com uma redução de 33% no número de semi finais. Em Monterrey o Brasil havia chegado a nove semi finais.

Tem mais. Com a aproximação de um grande evento,como os Jogos Olímpicos, é praxe o País sede ter um crescimento gradual no desempenho de modalidades olímpicas, sobretudo nas categorias de base, que comporão a delegação olímpica nos Jogos. E não é isso quevse verifica na natação brasileira.

No mundial júnior de 2.010, no Rio de Janeiro, o Brasil ocupou a 10 colocação. Em 2.008, a 14 colocação. E, agora, em 2.011, a 17 colocação.

Portanto, ainda que o volume de recursos públicos na natação aumentem, a curva de desempenho dessa modalidade é descendente. Está na hora de os Correios reavaliarem se o investimento que fazem na natação do Brasil está sendo bem administrado.

A CBDA diz no seu balanço sobre a competição que o Brasil foi o único País sulamericano a ganhar uma medalha. Ora bolas, a América Latina não é parâmetro para quem quer ser “potência olímpica”. Nossas referências devem ser os Estados Unidos, Austrália, Canadá, Japão e outros.

Curioso, também, observar que no balanço geral da CBDA, ela coloca o Brasil na 15 colocação nesse mundial júnior de natação, levando-se em conta uma tal de “pontuação final”. Não existe “pontuação final”. O que se faz é apenas somar o número de finais e semi finais para fazer o contra ponto com as edições anteriores. E de mais a mais, ser 15, ou 17, dá na mesma.

A natação brasileira regride, enquanto o dinheiro público na modalidade aumenta.

Assim que dinheiro há. O que falta é, mesmo, gestão.

Anúncios

One Response to “Os Resultados Finais Do Campeonato Mundial Júnior De Natação, Em Lima, No Peru.”

  1. Mario Sergio Says:

    E uma pena pois o Brasil nunca teve tantos treinadores capacitados para revelar e desenvolver talentos!
    Abaixo a monarquia dos dirigentes esportivos do BRasil

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: