Home

Geisa Arcânjo E Cesar Cielo.

agosto 4, 2011

O Jornalista Marcel Merguizo traz na Folha de São Paulo de 3 de agosto de 2.011 uma boa matéria comparando a situação da campeã mundial juvenil de arremesso do peso, Geisa Arcanjo e do super nadador Cesar Cielo. Ambos foram flagrados no exame anti doping por terem ingerido uma substância diurética, proibida.

Geisa Arcânjo está até hoje, um ano após sua conquista aqui no Canadá, aguardando o julgamento do STJD. Cesar Cielo teve julgamento surpreendentemente relâmpago pelo CAS, que o possibilitou ser, mais duas vezes, ser campeão mundial.

Assim como Cielo, Geisa admite ter ingerido o diurético sem querer. Tomou um chá que, segundo a atleta, continha a droga proibida.

Não questiono a decisão do CAS que possibilitou Cielo nadar em Shanghai. Não conheço os autos do processo para opinar sobre o mérito do caso. O processo arbitral é sigiloso e, em pricípio, nunca teremos acesso às evidências que convenceram os Árbitros do CAS, tão rapidamente, a entender que no caso Cielo houve contaminação cruzada. O que eu questiono, sim, é o tratamento preferencial que foi dado a um grande campeão às portas de um campeonato mundial. A celeridade do julgamento do caso Cielo é verdadeiramente incomum.

Não que todos os processos devam demorar. Mas que eles tenham, dentro do possível, a rapidez que se requer. Não há dúvidas de que se Geisa vier a ser absolvida, esse tempo decorrido desde o início do julgamento, já lhe terá causado prejuízos de difícil reparação. Conheço outros tantos casos no CAS, igualmente de doping, que se arrastam há meses, sem julgamento.

Não tenho dúvidas de que o super campeão Cesar Cielo teve tratamento diferenciado da Justiça Esportiva no que tange à inesperada rapidez de seu processo. Ótimo para ele. Mas outros atletas menos famosos deveriam, também, ter seus casos julgados rapidamente.

A Justiça Desportiva tratou uma estrela diferentemente do que normalmente faz com os normais. E com isso eu não concordo.

Anúncios

4 Responses to “Geisa Arcânjo E Cesar Cielo.”

  1. José Cruz Says:

    Bom dia Dr.Alberto
    Aos poucos meu primeiro comentário sobre o caso Cielo vai ganhando forma. Fui torpedado, apedrejado, pauladas, enfim, e me defendi na tese de que o medalhista de ouro tivera tratamento diferenciado desde o início. Agora, o companheiro Marcel, da Folha , publica esta oportuna reportagem mostrando a direrença de tratamento entre campões mundiais juvenis e olímpicos. Outras verdades sobre esse caso ainda virão. Abç, cruz

    Curtir


  2. Dr. Alberto

    Somente para aguçar a discussão, o CAS não enfrentou as provas da contaminação cruzada, pois a FINA não as impugnou, a discussão se limitou à pena.

    “7. 4 The Panel considers that these concessions were appropriately made. By making them, FINA accepted, as being common ground between all parties, that there was no intentional use of a Prohibited or Specified Substance and that the presence in the positive test results of the Specified Substance was the result of the inadvertent contamination of the caffeine pills at the Anna Terra Pharmacy.

    7.5 Since such matters were common ground in these Appeals, this Panel cannot make findings to the contrary (especially in the absence of evidence to the contrary). Put simply, this Panel cannot make findings on issues of fact to the contrary of what all the parties to the Appeals have agreed to be the facts.”

    Curtir


  3. dr. Alberto sera que nao rolou dimdim

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: