Home

Presidenta Dilma Pode Redefinir A Estrutura Obsoleta E Conservadora Do Esporte Brasileiro.

julho 29, 2011

A Presidenta Dilma nomeou Pelé Embaixador do Brasil para
a Copa do Mundo.

É uma função decorativa. A organização ficará
integralmente a cargo do Comitê Organizador Local (“COL”), comandado
por Ricardo Teixeira. Muito mais do que nomear Pelé para o posto, pode haver
uma sinalização clara de que a Presidenta Dilma, naquilo que lhe couber, agirá
de maneira independente, mesmo que isso contrarie as vontades e os interesses
do COL.

Certamente, pela vontade do COL e da CBF, Pelé ficaria
fora de qualquer cargo de destaque na Copa do Mundo.

A Presidenta poderia fazer o mesmo para as Olimpíadas de
2.016. Desde já, nomear um grande atleta Olímpico do Brasil para ser o nosso
Embaixador (ou Embaixadora) para assuntos relacionados ao tema. Há nomes de
pessoas mundialmente respeitadas que poderiam assumir a posição. Apenas para
citar alguns: Lar Grael, Joaquim Cruz, Paula e Ana Moser.

Consta que Dilma não gosta da nossa cartolagem. Já é um
excelente sinal. Não basta simplesmente detestá-los. Como Presidenta da
República ela tem, sim, mecanismos legais para substituí-los por gente mais
qualificada.

Tomara que ela faça isso.
Seguramente não será pelas mãos de Orlando Silva, comprometido do dedão do pé
até o último fio de cabelo com o establishment conservador que a cartolagem do
País nos tem enfiado goela abaixo.

Mesmo sem Orlando Silva, se quiser, a Presidenta da
República poderá modificar severamente as estruturas obsoletas do esporte
nacional.

Anúncios

2 Responses to “Presidenta Dilma Pode Redefinir A Estrutura Obsoleta E Conservadora Do Esporte Brasileiro.”

  1. Romão Says:

    Prezado Alberto,

    saiu o relatório do TAS sobre o julgamento de Cielo.
    Lembro que vc falou em algum momento que um caso de absolvição que vc conhecia foi quando sobraram pílulas no frasco e elas foram testadas. No laudo, havia sim pílulas que foram testadas em laboratório e, nas mesmas, detectou-se a furosemida. Parece, portanto, que, por isso, a punição não passou de advertência (segue a notícia abaixo). Gostaria que vc comentasse. Abraço

    “MUNDIAL

    TAS EXPLICA DECISÃO E RECONHECE USO ARRISCADO DO SUPLEMENTO POR CIELO

    Reuters

    O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) divulgou nesta sexta-feira os motivos que levaram seu painel a decidir apenas pela advertência no caso de doping envolvendo Cesar Cielo, Henrique Barbosa e Nicholas dos Santos. Segundo o laudo, o “TAS reconheceu que o uso de suplementos alimentares pelos atletas foi arriscado, mas no presente caso eles tomaram precauções suficientes para reduzir sua culpa ou negligência ao mínimo possível”. O resultado da audiência feita em Xangai foi tornado público no dia 21 de julho e, dos quatro nadadores que testaram positivo de furosemida, somente Vinícius Waked foi suspenso pelo período de um ano por ser reincidente.
    O TAS explicou também ter se convencido de que:

    ” – As pílulas de cafeína eram prescritas pelo médico de Cesar Cielo desde o final de 2009;

    – As pílulas de cafeína foram produzidas pela mesma farmácia desde aquela época;

    – A cafeína usada no preparo das pílulas era pura e não foi misturada com outras substâncias;

    – A substância furosemida foi detectada nas pílulas de cafeína restantes encontradas no frasco de pílulas dos atletas, por um laboratório do Rio de Janeiro (LABDOP) credenciado pela Agência Mundial Antidoping (Wada);

    – A farmácia que preparou as pílulas de cafeína admitiu que no mesmo dia, ela também preparou para outros clientes diversas receitas médicas para o tratamento de doenças cardíacas e que continham furosemida;

    – A concentração de urina dos atletas era normal e não estava diluída, o que significa que a furosemida não pode ter sido utilizada como um agente mascarante neste caso.

    Os fundamentos mencionados acima não foram questionados pela Fina, o que certifica que a furosemida não teve por objetivo melhorar o desempenho dos atletas ou mascarar o uso de alguma outra substância capaz de melhorar o desempenho. Entretanto, a Fina argumentou que o erro cometido pelos atletas já era sério o suficiente para justificar a imposição de uma suspensão de três meses nos casos de Cielo, Barbosa e dos Santos e uma suspensão de um ano no caso de Waked”.

    Curtir

  2. albertomurray Says:

    Prezado Romão, realmente todo atleta deve guardar o frasco e alguns comprimidos do lote, para poder fazer a difícil prova de contamnação cruzada. Pelo visto eles agiram certo e conseguiram produzir essa prova. Portanto, se eles não foram culpados, nem negligentes, se ficou provado que a culpa é da farmácia, eles não deveriam ter recebido nada, pois não cometeram nenhum ilícito. Assim reputo juridicamente incongruente o Vinícius Waked ficar um ano afastado das provas. Afinal de contas, o CAS admitiu que ele não tem culpa de nada. Obrigado pelo comentário e um abraço do, Alberto.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: