Home

As Sugestões De Um Amigo Do Blog, Sobre A APO Paulista.

fevereiro 15, 2011

Quem me conhece sabe que não sou Petista e nem Tucano. Muito pelo contrário. Mantenho-me afastado de qualquer filiação partidária. Meus votos foram declarados neste Blog e no jornal Folha de São Paulo. Também não sou nem pró Rio e nem pró São Paulo. Moro em SP, a maior parte da minha família tem origens no Rio, mas sou mesmo é a favor do Brasil. Acho, também como já escrevi aqui, que o Brasil somente vai melhorar quando o Rio melhorar. Isso é quase que mandatório. Sou contra Jogos Olímpicos no Rio. Mas muito mais contra ainda se fossem em São Paulo. As razões, de natureza técnica, estão todas nos meus escritos. Uma das coisas que procuro fazer neste Blog é abrir espaço para debates. Publico artigos de amigos, de gente que não conheço e, inclusive, daqueles que, por alguma razão, preferem não se identificar. Este é o caso do post abaixo. Recebi de um amigo do Blog algumas sugestões consistentes para o desenvolvimento do esporte em São Paulo.  Abaixo as sugestões dele, abertas para o debate de alto nível. Abraços a todos. Alberto.

“APO – Agência Paulista Olímpica

De autoria de um Amigo do Blog, que prefere não se identificar.

Sob o ditatorial artificio de Medida Provisória continua a expectativa sobre a APO – Autoridade Publica Olímpica, cujo cargo de “presidente” do consórcio, vem sendo disputadíssimo, visto que o mandatário será o responsável pela coordenação das ações relativas a preparação e realização dos Jogos Olímpicos de 2016.

De todas as questões envolvendo obras, que fique bem claro.

Poucos foram os que atentam ao detalhe (que de tão óbvio não poderia ser chamado detalhe) que uma edição de Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, não se restringe a sua sede. Tão pouco ações preparatórias coerente para uma boa participação brasileira, em termos de resultados, vêm sendo promovidas.

Não cabe cá nenhum tom critico, tão pouco comparativo ou de juízo de valores, simplesmente uma alternativa que talvez possa ser útil, mas seguramente viável.

O Estado de São Paulo é o único, ou no mínimo, o que reúne as melhores e maiores condições, ente federativo que pode (que seja permitido o uso do “deve”) assumir a implantação e execução da APO – Agência Paulista Olímpica.

Sem adentrar nas minucias legais, legislativas e principalmente no organograma da administração paulista, a proposta da APO pauta-se em ações transversais e multisetoriais.

As delegações das diferentes modalidades imperiosamente necessitam de locais de aclimatação e treinamentos no período que antecedem o inicio das competições. Isso é fato ! 

Para tanto a Cidade Sede não reúne condições de ofertar espaços para todas as delegações, tão pouco para todas as modalidades.

Esse raciocínio vem ao encontro da lógica existente na disputa entre as cidades brasileiras que almejam receber seleções estrangeiras participantes da Copa de 2014. E o Estado de São Paulo já possui o Comitê Paulista para a Copa !

A APO vem somar-se a boa parte dos objetivos do referido comitê ! Já se sabe que o Governador Alckmin pretende incentivar ações multitemáticas para quando da Copa 2014, porque não estender, de forma mais ampla, com mais capilaridade e maior replicibilidade ?

Sem interferir nas ações da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, tão pouco das demais, a APO teria como premissa incentivar e coordenar sinergias das diferentes pastas da estrutura administrativa paulista, visando dar uma utilização objetiva e planejada (desportiva) para as estruturas físicas que se serão obrigatoriamente necessárias.

Os olhos do mundo esportivo estarão voltados para o Brasil. O Esporte será tema quase uníssono e ultrapassará os limites da pratica e da competição, movimento economia, geração de emprego e renda como nunca vistos no País.

 Usar do principio fundamental da popularização, massificação e qualificação, para assim poder almejar ponderada e coerentemente se tornar um “país em desenvolvimento enquanto potência olímpica”. Não se torna “potência olímpica” em uma década, nem em uma geração. Qualquer discurso nesse sentido é ufanista.

Minimamente duas dezenas desses municípios podem como “pólos descentralizados” de modalidades e outros como sede de “pólos de excelência” e posteriormente sendo usadas pelas delegações estrangeiras ?

Novamente e repetitivamente, não é falta de recursos que nos impediu até hoje de ser essa “potência”, reiteradamente o que falta é planejamento e gestão, sempre pautados na transparência, no bom senso e no trabalho, muito trabalho.

Não existe no mundo um povo com a formação multirracial e multiétnica que o Brasil possui, e essa mais perfeita junção que forma a Sociedade Brasileira é, sem nenhum sombra de dúvidas e sem medo de erro, o maior potencial de recursos humanos existente no planeta. Esporte é uma das maiores, senão a maior juntamente com a educação, ferramentas transformadoras de uma sociedade.

“Arregaçar as mangas” é frase costumeira do Governador Alckmin, bandeirante de brio não foge da labuta e principalmente, como bom cristão que é, sabe que “tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.

O tempo urge, mas há tempo de São Paulo fazer a diferença, como sempre o fez. O Estado precedeu a própria União na regulamentação da atividade da Educação Física e da prática desportiva. O que se precisa é mudança de mentalidade, criar mecanismos convergentes, despidos de egoísmo e vaidade, mecanismos que promovam a coesão interdisciplinar.

São Paulo deve ser a reserva moral do Esporte brasileiro, deve plantar novamente as boas sementes, aparar arestas, modernizar e “Conduzir, Não ser Conduzido” ! Só São Paulo pode virar esse jogo !

A APO pode ser o começo dessa virada e um exemplo a ser seguido.

 Senhor Governador, estamos a sua disposição.”

Anúncios

5 Responses to “As Sugestões De Um Amigo Do Blog, Sobre A APO Paulista.”

  1. Maurício Says:

    será??? suas críticas são centradas apenas no governo federal. Pouquíssimas linhas criticando o descalabro administrativo que é o governo paulista em S.P. sob o poder do PSDB há 16 anos…escola pública destruída, sucateada e seus aparelhos esportivos arruinados. Nenhuma crítica a respeito neste blog. O governador eleito nomeia um secretário neomalufista, metido em encrencas até o pescoço que tem como plano de governo “terceirizar o esporte em S.P.” e este blog permanece calado. Nenhuma crítica é feita. Desse modo é fácil escrever que se é “apartidário”….a propósito, visite a página do deputado estadual do PSOL – Prof. Carlos Gianazzi e verá um vídeo sobre a escola pública onde ele mostra o estado dos equipamentos esportivos de várias escolas públicas de S.P. O mesmo estado que é governado por um partido que aumenta em 600% o valor das verbas publicitárias, mas sequer tem transporte para atletas em jogos escolares. Onde jogos regionais ainda se vê a improvisação e atletas sem tênis…críticas por aqui? nenhuma!!! se a fixação do blog do Cruz é o ministro dos esportes, a sua parece ser o Nuzman…uma pena!!!

    Curtir

    • albertomurray Says:

      Caro, 1 – Obrigado pela mensagem e pela audiência; 2 – Veja aí que tem, sim, posts sentando o cacete em todo mundo. Aqui, dificilmente escapa alguém; 3 – Veja que tem um bem recente sobre essa bobagem de terceirizar o esporte. Só não sento mais o cacete porque não entendi até agora o que eles pretendem com isso. Proposta ininteligível, de quem não tem propostas; 4 – Obrigado pela dica do Deputado do Psol. Aliás, adoro o Plínio; 5 – Sim, sento o cacete no Nuzman porque discordo dele. Se um dia ele acertar, eu elogio. Mas é muito dfícil isso acontecer; 6 – O Nuzman não é do governo federal. Abraços.

      Curtir

  2. walas es Says:

    Boa noite Alberto.Sem “bairrismo”,sou do ES,mas essa história de reserva moral,conduzo,não sou conduzido,não é bem a realidade do estado de SP.São Paulo já privatizou a saúde pública(vide OSS),ficou entre as piores notas da avaliação das escolas públicas(provavelmente porque aboliu a reprovação) e a cidade mais rica do país e capital do estado ainda nem definiu seu estádio para a copa 2014.Antes de criar uma APO paulista,há um longo caminho pela frente ,coisas mais urgentes.Se conseguir ,por exemplo,implantar o esporte na escola com sucesso aí sim poderia ser exemplo para o resto do país.Abraço.

    Curtir

  3. Maurício Says:

    Sr. Murray, seu nome constava na lista dos prováveis “secretariáveis” dos esportes do est. de S.P. da atual gestão. Você teria “independência” para trabalhar? Como desenvolveria seu trabalho se não “alinha-se” ideologicamente com nenhum lado? como procederia se quisesse ajudar uma ONG que desenvolve um trabalho muito legal na área esportiva com crianças carentes, por exemplo, e essa ONG fosse de um município administrado por um prefeito do partido adversário? sabe o que seu ilustre quase-provável chefe (o governador do estado) faria? Negaria na mesma hora, com todas as letras, como fez aqui na minha cidade. Assim como nega qualquer outro tipo de projeto esportivo inclusivo pois o prefeito é de outro partido e a cidade tem um deputado estadual do DEM, aliado do governador que não aceita que o mesmo ajude prefeito que não reza na mesma cartilha. Diferente do que acontece em Brasília? nem um pouco…mas quando se trata de Brasília o negócio é superdimensionar…já quando é do estado de S.P., o negócio é ficar de bico fechado. Gostaria de saber como você procederia em um caso desses…Abraços

    Curtir

    • albertomurray Says:

      Eu recentemente publiquei na Folha o que penso sobre políticas públicas para o esporte. Certamente eu não teria grandes eventos como prioridade, mas, ao contrário, a massificação do esporte. Também, certamente, não mediria as minhas ações por filiações partidárias. Obrigado pelo comentário. Abraços do, Alberto.

      Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: