Home

O Nadador John Herbert Buckup, No Texto Do Professor Henrique Nicolini.

fevereiro 2, 2011

Texto do Professor Henrique Nicolini.

O falecimento de John Herbert Buckup teve uma ampla divulgação. A maioria dos órgãos de comunicação mais importantes do país dedicou um espaço significativo a esta figura que se tornou popular por seus vínculos com a televisão, o cinema e o teatro. Os que escaparam deste ângulo dedicaram algumas linhas à forte influência germânica na sua educação.

Quase todos “deixaram prá lá” o Johnny Buckup esportista e não incluíram na biografia divulgada sua atuação como um dos mais importantes nadadores do país. Eu, naturalmente, discordo. Como redator de esportes aquáticos desde março de 1946, acompanhei a carreira de Buckup – e não John Herbert como é chamado na TV – desde o início. Johnny aprendeu a nadar quando o Clube Pinheiros ainda se chamava Germânia. Ao atingir a categoria mais alta da natação infanto-juvenil, a de aspirantes, ele tornou-se recordista das provas de nado livre.

Como adulto, integrou a equipe que defendia São Paulo nos campeonatos brasileiros e o Brasil no sul-americano. Conquistou vários títulos de campeão brasileiro e fez parte do selecionado grupo de pinheirenses treinados por Kanichi Sato, que eram Willy Otto Jordan, Plauto de Barros Guimarães, Ralf Kestner e outros. Buckup completava o quarteto paulista e brasileiro dos revezamentos de 4 x 100 e 4 x 200, nado livre. Foi campeão brasileiro individual dos 1.500 metros.

Em 1963, quando nós dirigíamos o departamento de promoções e provas de A Gazeta Esportiva, resolvemos reeditar na represa Billings, em São Bernardo do Campo, a Travessia de São Paulo a Nado, interrompida em 1944 pela poluição do rio Tietê.

Convidamos Johnny Buckup para participar da prova. Ele já havia trocado o estrelato da piscina pela televisão. Atendendo à solicitação de um amigo, ele competiu na prova. Enfrentou seiscentos concorrentes e ficou com um honroso 20º lugar.

Estas linhas têm o objetivo de resgatar a memória esportiva deste amigo e de mandar uma mensagem de solidariedade para os familiares que perderam uma figura histórica da nossa cidade.

Postado por: henriquenicolini | Categoria: Sem categoria | Comentários: (0)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: