Home

Henrique Meirelles Na Autoridade Pública Olímpica.

janeiro 30, 2011

Espero não estar errado. A escolha de Henrique Meirelles para presidir a Autoridade Pública Olímpica foi acertada. Se tudo seguir o curso previsto, Orlando Silva já é carta fora do baralho na organização dos Jogos Olímpicos. Nuzman, a quem Dilma faz grandes restrições, aos poucos ficará escanteado. As atribuições do Comitê Organizador será restrita à funções burocráticas e, o que se pretende, é que ali não se administre nada de dinheiro estatal. Portanto, sem dinheiro, perderá muito poder. Dilma tem sido sábia. Aos poucos vai descolando a sua imagem da de seu antecessor e afastando de si aquilo de que não gosta. A Presidenta sabe muito bem que os Jogos Panamericanos foram a farra do boi. E que legado algum sobrou para os cariocas. Que a vida do cidadão comum não melhorou após os Jogos, sem embargo dos milhões de dinheiro público que escoaram pelos ralos. Dilma está atenta para que na Copa do Mundo de Futebol e nos Jogos Olímpicos isso não se repita, em proporções muito maiores.

Quem conhece o assunto de perto sabe que Henrique Meirelles entra para, antes de tudo, por ordem na casa. Afastar os parasitas do esporte. Feito isso, terá condições bem melhores de entegar ao Rio e ao Brasil aquilo que, na candidatura aos Jogos Olímpicos, foi prometido (coisa que no Panamericano ficou longe de acontecer).

Por enquanto Dilma tem mostrado a que veio. Que siga assim. Que continue utilizando o seu passado como exemplo. E não como escudo.

Anúncios

7 Responses to “Henrique Meirelles Na Autoridade Pública Olímpica.”

  1. Jorge Ribeiro Says:

    “Parasitas são organismos que vivem em associação com outros aos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro.” (Wikipedia)

    Curtir

  2. Carlos Says:

    O Brasil gasta muito pouco com o esporte olímpico. Façam uma pequena comparação com outros países . É muita diferença, e nestes espaços democráticos só lemos que é muito dinheiro! Não é!!!
    Só existe esta preocupação de quem vai ficar aqui ou ali, em virtude do dinheiro , e repito, é muito pouco comparado com os outros países realmente bons em esportes em geral, olímpicos para ser claro.

    Curtir

    • albertomurray Says:

      Caro Carlos, os outros Países podem gastar mais com o esporte olímpico porque já superaram problemas básicos da população, tais como educação, saúde, transporte, segurança, habitação, saneamento básico e outros. Eu acho que quando o Brasil tiver tido isso equacionado, poderemos nos dar ao luxo de gastar mais dinheiro público com o esporte de alto rendimento. Ainda assim, mesmo com dinheiro, se a gestão for ruim e nada transparente, nossos resultados não irão melhorar. Obrigado pelo comentário. Grande abraço. Alberto.

      Curtir

  3. Rafael Says:

    Parabéns Sr. Murray!
    Cada dia que passa seu blog fica mais interessante!
    Acertada escolha do Sr. Meirelles para a presidência da APO.
    Uma dúvida que me corrói a alma: Como o presidente do COB pode ser presidente de um COJO se o COJO e o COB são organismos independentes? Será que ele quer a comenda Olímpica de qq jeito mas sem tirar a mão das assinaturas dos repasses do COB? Para se pensar!
    (Me disseram que quando sugeriram o nome de Eike Batista para presidir o COJO ou que o Sr. Nuzman deixasse o COB para só presidir o COJO ele quase teve um infarto… Até médicos levaram pra ele em Copenhagen… Pena que quem quase morreu foi o Lula.)

    Curtir

    • albertomurray Says:

      Obrigado pelo comentário Rafael. De fato em nenhum outro País, ou Cudade organizadora de eventos desportivos o Presidente do Comitê Olímpico (no caso de Jogos Olímpicos) é o mesmo do Comitê Organizador. Notem que nos Jogos Panamericanos a Firjan tinha um projeto de arrecadar fundos para os Jogos, mas administrar esse dinheiro. Essa propaga foi rechaçada pelo Presidente do COB e do CO – Rio.

      Curtir

  4. Carlos Says:

    Sr Alberto é verdade, então vamos parar de gastar esta verdadeira fortuna absurda com o futebol!
    Faça as contas! Não é o esporte olímpico !
    Será que a mídia tem coragem de falar a verdade sobre os absurdos do futebol e não do do esporte olímpico?
    700.000.000,00 para um estádio de futebol em Brasilia!!!!
    Por favor , é só fazer as contas.

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: