Home

Atletas Fazem Enquete Sobre A Atuação Da Confederação Brasileira De Triathlon. No Blog De Cleiton Abílio No Endereço www.cleitonabilio.wordpress.com. Todos Os Atletas, De Todas As Modalidades, Deveriam Fazer Isso, Sem Medo Dos Dirigentes.

dezembro 4, 2010

Comentário à Enquete sobre a CBTri

Enquete encerrada. É hora de analisar o resultado e propor uma solução. Mesmo que a análise seja algo pessoal e a solução não seja a melhor, é dessa maneira que construímos o conhecimento. Compartilhando, dividindo e evoluindo.

Foram 105 votos.
85 pessoas votaram: Não estarem satisfeitas com a CBTri.
15 pessoas votaram: Indiferente. Pois participam de outras provas e eventos.
5 pessoas votaram: Satisfeitas com atual gestão da CBTri.

Primeiro, vamos começar com a minoria. É essa minoria, que dá validade a enquete. Sem ela, a enquete ficaria completamente sem sentido, uma vez que todos nós temos diferentes pontos de vista e somos favorecidos e movidos por interesses diversos. Só que, o tão pequeno é o seu coeficiente que poucas serão as palavras a elas destinadas.

O segundo grupo. Quando eu iniciei a enquete, eu fiquei um pouco preocupado com a expressiva votação desse grupo em relação aqueles que estão insatisfeitos. Eu votei nessa opção. Há um bom tempo não participo das provas da CBTri, com exceção do Campeonato Brasileiro de Duathlon que ocorreu em Belo Horizonte e que eu não tenho sérias considerações a ponderar. Mas  no momento em que eu optei por esse voto, eu não considerei algo de suma importância: a responsabilidade das entidades esportivas, como por exemplo, a CBTri, para o crescimento do esporte e a formação de uma sociedade saudável, igualitária e respeitadora do atleta. Ao ser indiferente e afirmar a minha não-preocupação, me isolei de um fato notório cujo qual eu – de qualquer maneira – sou um personagem. Se você ler os comentários do meu último post, você verá que uma moradora de Porto de Galinhas se pronunciou a respeito da prova, mesmo não tratando diretamente do tema em que estávamos envolvidos. Ela bem disse: “Desculpe-me por pegar o bonde andando… mas eu gostaria de saber qual foi o problema com a prova em Porto de Galinhas. A única coisa que vi e não gostei, foi a sujeira deixada na praia após a prova de natação. Garrafas de água, isotônicos e saquinhos de suplementos espalhados pela areia, sendo levados pelo mar. Não sou atleta, mas sou moradora de Porto de Galinhas e me interessei pelos seus posts. Obrigada!“. Então, como eu posso esperar o respeito dos outros pela minha atividade esportiva, se o retorno que eu (como atleta) e a entidade que indiretamente me representa (CBTri) damos a sociedade, é esse?! Razão pela qual, questionei e novamente o faço: “Até quando não saberemos criar a nossa identidade social e agirmos solidariamente?”.

A maioria. Incríveis 81%. Esse é o número que pode e deverá fazer a diferença. Só que agora, a coisa fica mais séria. Não é uma questão de “vamos fazer” e sim uma questão de “como fazer”. Eu vou tentar passar uma simples “receita de bolo”, para todos. Mas só a receita, não faz o bolo. Se você não pegar a panela e esquentar a barriga no fogão, continuará sendo uma simples receita de bolo.
Você que ama esse esporte e o pratica (ou não) há vários anos, perde seu tempo escrevendo seus treinos no blog, no Twitter, no Orkut ou em qualquer outro lugar aonde você possa se sentir visto e admirado. Gasta uma fortuna em dinheiro com aquela bicicleta de carbono e aquele par de rodas que é lançamento em outro planeta. Reclama do trânsito nos grandes centros urbanos, xinga quando é multado por estar falando ao celular ou ter estacionado sobre a faixa de pedestre, e nem sequer, sabe onde fica a Câmara de Vereadores da sua cidade. Por favor, pare pensar. Só por um segundo, pare para pensar. E mesmo que, você não faça a menor idéia de como isso seja possível, assuma que tudo o que está errado ao seu arredor é de sua inteira responsabilidade. A partir daí, comece a entender que a sua atitude, no dia-a-dia, reflete drasticamente na realidade que vivemos.
Particularmente – eu confesso – não tenho uma solução para o caso, que não seja drástica e viável. Mas, ainda bem, existem pessoas capazes de propor melhores soluções que as minhas e, então, reproduzirei o caminho que me foi passado por uma das poucas pessoas que – ainda – me fazem acreditar nesse país. Ao fim, apresentarei as razões pelas quais discordo dessa solução, mesmo sabendo, se tratar da melhor de todas as soluções.

Reproduzindo a idéia alheia: Os atletas não sabem da força que possuem. É possível fundar uma Associação, que pode discutir diretamente com a CBTri e demais instituições ligadas ao esporte nacional. A união dos atletas, em torno de uma Associação, é de uma força tremenda. Uma Associação, sem fins lucrativos, que agregasse os atletas da modalidade é a melhor solução. Entretanto, é necessário Homens de coragem. Capazes de assumirem a responsabilidades e não cometerem os mesmo erros.

Sem dúvida, a melhor opção. Nada melhor que a união em prol de um bem comum, para forjar as bases da nossa sociedade, não é?! Mas bem, vou lhes dizer uma coisa. Ao fim da idéia supracitada, é que se embasa o meu maior receio. Admito a minha descrença na índole humana. Admito também a minha repudia à falta de Educação nacional que gera a deturpação dos valores éticos e morais, e se alastra pela sociedade indiscriminadamente, sem poupar – às vezes – os mais cultos e sábios.
Também acredito que criar uma nova Entidade (apesar de ser uma solução), não deveria ser a melhor solução. Acredito que deveria ser mais viável, a limpeza e a democratização de uma entidade já pré-existente. Entretanto, minha esperança numa solução diversa, descansa sobre uma história brasileira que suprimiu os verdadeiros heróis e glorificou desmerecedores.

Porto de Galinhas

Ontem, eu propus uma enquete sobre a CBTri. Após o fim da enquete, eu vou fazer uma análise do resultado.
Por favor, acesse o post anterior e vote (se você ainda, não votou!). Clique aqui!

Hoje, eu recebi um email de um amigo triatleta que estava em Porto de Galinhas. Daniel Sales, bombeiro, fisioterapeuta, traz uma visão bem madura e sensata da situação. Fico feliz que não seja eu dizendo estas coisas, e sim, um indivíduo com uma formação acadêmica diferente, entretanto com o mesmo tempo de vivência e amor ao triathlon do que eu.

Somos um povo livre e capaz de mudar. Até quando, os triatletas serão assim egoístas e sem-educação? Até quando não saberemos criar a nossa identidade social e agirmos solidariamente?

Todos vocês, brasileiros, devem dar a cara a tapa e assumirem – antes de qualquer coisa – a pequenez de suas bases educacionais, culturais e intelectuais. (Obs.: ciente de que o uso do termo “pequenez”, não é correto. Entretanto, no momento, é o mais adequado.)

Por favor, leiam a mensagem de Daniel Sales a respeito do evento em Porto de Galinhas:

Não julgo e respeito os que largaram, mas façamos a seguinte reflexão: só por estarmos inscritos e no local da prova temos que nos sujeitar a determinadas situações? Pra mim isso não significa superação… Devemos sim, de cabeça fria, unirmos como atletas e reivindicar nossos direitos… mesmo que para tal, tenhamos que ficar sentados na areia na hora da largada…‎ Não somos fantoches de cartolas… somos atletas, somos clientes, somos consumidores… Se você for a um restaurante e vê que a comida está podre, você senta na mesa e come assim mesmo? Que Deus nos dê forças para eliminar a podridão do nosso esporte…

Sucesso nos treinos!
Nos vemos no Internacional de Santos, Long Distance Caiobá e IM BRASIL… e NUNCA MAIS nas provas das CBTri, enquanto essa gestão continuar…

Abraços, Daniel Sales (Salu).

(Atleta que estava em Porto de Galinhas, mas não se submeteu a tamanho… sei lá o que podemos chamar aquilo!)”

CBtri – Enquete

Diante do que foi o Panamericano de Triathlon de Longa Distância e demais competições ao longo dos anos, organizadas pela Confederação Brasileira de Triathlon, dê a sua opinião através da enquete postada logo abaixo:

Você está satisfeito com a CBTri (suas políticas e eventos)? ( Poll Closed )

 

 

 

Anúncios

2 Responses to “Atletas Fazem Enquete Sobre A Atuação Da Confederação Brasileira De Triathlon. No Blog De Cleiton Abílio No Endereço www.cleitonabilio.wordpress.com. Todos Os Atletas, De Todas As Modalidades, Deveriam Fazer Isso, Sem Medo Dos Dirigentes.”

  1. Igor Says:

    Infelizmente é a pura verdade.
    Esta atual Gestão da CBTRI, só pensa em colocar dinheiro no bolso. Desrespeita seus atletas federados.
    Este evento não é o primeira catastrofe promovida pela confederação.
    Por isso muitos atletas estão deixando de fazer eventos da cbtri e não estão se federando.
    Suas federações estam abandonadas.
    Os projetos da cbtri é uma farsa.
    E enquanto isso a cbtri esta satisfeita em embolsar verba pública no bolso.

    Curtir

  2. jabor Says:

    …uma boa iniciativa essa da enquete!!! parabens!!!
    tente buscar por exemplo com o ativo.com um data base de praticantes no triathlon para fazer uma pesquisa mais ampla; …com certeza as porcentagens permanecerao parecidas e uma quantidade maior de amostra vai mostrar mais a realidade nacional;
    …a minha opiniao e que tanto a confederacao como o comite olimpico sao otimos com marketing; segundo a cbtri, agora eles estao com um projeto com o ´melhor tecnico do mundo´; porem, essa informacao eles que determinaram. …é bem provavel que os melhores do mundo hj sao os ingleses quase imbativeis e a Snowsill australiana, que continuara seu dominio, enquanto tiver motivacao p isso;

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: