A Jovem Campeã Mundial E O Marketing Do Rio 2016.

Uma das melhores jogadas de marketing da candidatura carioca aos Jogos Olímpicos de 2.016 foi levar à apresentação final, na Dinamarca, aquela jovem atleta, de 16 anos, campeã mundial de atletismo.

Não fossem as intenções meramente eleitoreiras, o ato, apesar de midiático, poderia ser elogiado.  A interpretação que se poderia dar seria de que, ao expor nossa jovem talento ao mundo,  o Brasil iria, finalmente,  cuidar de sua juventude, dar aos pobres condições e acesso à pratica de esportes e lapidar os destaques para representar o País em competições internacionais.

Mas, na prática, toda a simbologia que se pretendeu dar é absolutamente mentirosa. O que os nossos organizadores olímpicos queriam era somente usar a garota para sensibilizar os corações do colégio eleitoral. Nada além disso.

Não muito antes da apresentação havida na Dinamarca, que selou o Rio de Janeiro como sede olímpica para 2.016, aquela mesma jovem atleta não dispunha de dinheiro para participar de uma competição nacional. Quem é do atletismo sabe disso, pois circularam e-mails a esse respeito. O que mudou na vida daquela jovem campeã mundial? Nada, coitada. Ganhou um título importante, revelou-se um talento a ser cuidado, teve sua imagem explorada para o marketing de 2.016 e,, nem por isso, foram-lhe dadas condições melhores de vida e treinamento. Ela foi usada como instrumento de merchandising e, na sua inocência pueril, deixou-se entusiasmar pelos homens do poder. Tentem ver como anda a vida dela e de sua família hoje. A catolagem e a politicalha que estavam com a campeã na Dinamarca, nunca tiveram qualquer influência na sua carreira. Ao usá-la, quiseram fazer parecer que teriam sido os grandes responsáveis pelo seu sucesso.

E como ela, há muitos jovens talentos no Brasil, que não têm, absolutamente, qualquer apoio dessas autoridades. Na nossa ONG Sylvio de Magalhães Padilha trabalhamos com jovens da comunidade de Paraisópolis. Cooptamos jovens que nunca haviam visto uma pista de atletismo, usado sapatos de prego e, vários deles, sequer posto os pés em um tênis de corrida. Damos a eles iniciação esportiva e educação olímpica verdadeira. Muitos dos nossos jovens Atletas já despontam na provas estaduais, obtendo resultados extraordinários. Uma Atleta, em especial, tem um talento nato para o atletismo. Vivendo em Paraisópolis, passou a integrar a nossa Equipe e, pouco tempo depois, já era campeã brasileira na categoria menores, tendo sido convocada para servir a seleção brasileira. Se alguém disser que essa menina surgiu como fruto de uma política esportiva do Brasil, estará mentindo. Como todos os outros, é um talento que foi achado, que está sendo cuidado e lapidado por nossa equipe técnica. Nossa grande preocupação vai muito, mas muito além dos extraordinários resultados que ela vem conquistando. Claro que se for possível, sentiremos orgulho em ter ajudado a formar uma Atleta Olímpica. Mas o que damos a ela é uma educação olimpica, a consciência de que pelo esporte pode-se formar gerações melhores, independentemente de medalhas. Ela pode, sim, estar no Rio 2.016. Está sendo formada para isso, também. Fazemos um trabalho junto à família da Atleta, tentando minimizar as dificuldades que enfretam no dia a dia. Quem nenhum político, ou cartola, ouse dizer que tem alguma influência na formação pessoal e atlética dessa jovem talento. Aliás, dessa gente que está aí, queremos distância.

Alberto Murray Olímpico

www.espn.com.br/albertomurrayneto

Categorias olimpismo

2 comentários em “A Jovem Campeã Mundial E O Marketing Do Rio 2016.

  1. Uma pergunta que não quer calar e sem duvida será censurada, sua ONG recebe dinheiro público?

    Curtir

  2. Caro Anônimo,

    Obrigado pela pergunta e pela audiência.

    Respostas a seguir:

    1 – Não, não temos, nunca tivemos e nem nunca teremos dinheiro público.

    2 – Além de essa ser nossa filosofia (nunca tocar em dinheiro público), não entenda-me como arrogante, mas por favor entenda que a nossa condição financeira confortável permite-nos ter uma ONG que não mame nas tetas dos governos.

    3 – Nós, os Diretores e mais alguns Amigos contribume mensalmente com a manutenção da ONG.

    4 – Ainda assim o nosso orçamento é com certeza muito menor do que Você imagina.

    5 – Pode colocar o seu nome e o seu endereço de e-mail corretos. Aqui ninguém persegue ninguém.

    Abraços e continue dando-me audiência.

    Feliz 2.010.

    Alberto Murray Neto

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close