O Promotor E O Cristo. E Os Anões De Jardim

Os meus poucos leitores sabem que um promotor do Rio de Janeiro indiciou-me por “ter aviltado a imagem do Cristo”, em razão de ter recebido e repassado uma corrente, via eletrônica, da imagem do Redentor trajando um colete à prova de balas e segurando, em cada mão, uma arma de largo calibre. Juntaram ao pedido de abertura de inquérito uma série de posts constantes do meu Blog Olímpico. Como não há efetivamente nada do que eu possa ser acusado, outra opção não restou ao promotor e à patota olímpica que nao utilizar essa charge do Cristo (que nem fui eu quem fiz, porque não sei desenhar).

Aviltante para com a população do Rio de Janeiro é ter os seus funcionários públicos gastando  tempo com bobagens dessa natureza, como se aquela Cidade não tivesse mais nada com o que se preocupar.

Isso me lembra um povoado no interior da Escócia, aonde um grupo de perigosos meliantes andava roubando anões de jardim das casas. Após alguns meses de cuidadosa investigação a polícia local não somente capturou os criminosos, como recuperou todos os anões de jardim que haviam sido surrupiados. A fotografia dos oficiais de polícia locais, exibindo à imprensa os anões de jardim resgatados, com expressão de orgulho, é histórica. O índice de criminalidade naquela Cidade escocêsa era zero, tirando, claro, o grande crime dos anões de jardim.

Eu me sinto como os ladrões de anões de jardim da Escócia. Ao ler a medieval denúncia do promotor, a qual apenas recebi por um jornal carioca simpatizante da minha, ou melhor, da nossa causa, fico com a impressão de que o Rio de Janeiro é um pacato e silencioso povoado encravado nas montanhas de algum lugar civilizado. E que as autoridades locais, por absoluta falta do que fazer, indiciam-me por “aviltar o Cristo”. Ainda bem que as casas cariocas não têm a tradição de enfeitar os seus jardins como anõezinhos de mentira.

O promotor carioca esqueceu, ou não quis mencionar, nem  investigar o fato de que a  patota olímpica responde a inúmeros processos no Tribunal de Contas da União. Ou que contra eles existe um Inquérito Civil em curso no Ministério Público Federal, para esclarecer o manuseio de dinheiro público e as contratações vultosas de consultoria sem licitações públicas. E, ainda, que quase diariamente, os mais respeitados Jornalistas do Brasil promovem denúncias seríssimas contra a admnistração olímpica brasileira. O promotor fixou-se na charge do Cristo. Todo o resto, para ele, é bobagem.

Na internet existem mais de 1.000 charges diferentes, variações sobre o mesmo tema, que mostram o Cristo trajado com colete à prova de balas e empunhado armas. Até no exterior, existem charges desse tipo. Há um Livro, que se pode comprar pela Amazon, cuja capa é justamente uma charge do Cristo com colete à prova de balas e segurando armas.

Sei lá se algum dia serei notificado da existência desse processo. A turma olímpica adora litigar no Rio e faz questão de afirmar que eu tenho domicílio na Cidade Maravilhosa. Não tenho e nunca tive. Se algum dia for oficialmente notificado, terei imenso prazer em prestar todos os esclarecimentos necessários.

Enquanto isso não ocorre, vou tomar o cuidado de imprimir as mais de mil charges do Cristo e enviá-las ao tal promotor. Uma coisa é certa. Trabalho não lhe faltará até os dias de sua aposentadoria.

E tenho muita esperança que o TCU e o Ministério Público Federal irão punir as mazelas olímpicas do Brasil.

E a todos, continuem denunciando tudo de errado que há no esporte Olímpico do Brasil.

Categorias olimpismo

7 comentários em “O Promotor E O Cristo. E Os Anões De Jardim

  1. Realmente essa história parece mentira! Enquanto isso, as denúncias contra o Sarney são arquivadas…

    Mudando de assunto, estou procurando na internet sobre o artigo 9º da lei Pelé mas não consigo encontrar muitas informações. O texto é o seguinte:
    “Art. 9o Anualmente, a renda líquida total de um dos testes da Loteria Esportiva Federal será destinada ao Comitê Olímpico Brasileiro-COB, para treinamento e competições preparatórias das equipes olímpicas nacionais. […]”

    Será que isso ainda vigora (após a Agnelo-Piva)? Se sim, provavelmente não há nenhum relatório de prestação de contas, não é?

    Como (poucos) costumam dizer: há braços!

    Estamos na luta…

    Curtir

  2. Murray, gosto muito das suas publicaçoes. Esta última me deixa realmente estarrecida. Parece mesmo que nao há outra coisa a fazer para que a banda olímpica invista tempo em tenta encontrar brechas para punir as suas denúncias. Agora nao se sabe por onde andam, já nao vejo noticias das vultosas viagens da grande comissao olímpica. Certamente, estarao as escondidas buscando votos para a candidatura. Um abraço, Ranina

    Curtir

  3. É uma pena ver que as normas jurídicas deste pais não são respeitadas.
    Todo mundo quer levar vantagem em tudo. Esta lei pelé ninguém respeita, dirigentes orgãos públicos fazem o quem bem querem e o minitério público não fiscaliza o que tem que fiscalizar.
    Gostaria de saber por que entidades, confederações e federações não prestam conta a sociedade?
    Por que se desvia tanto dinheiro?
    O que vai ser do futuro do esporte olímpico brasileiro?

    Curtir

  4. Este promotor deveria trabalhar junto ao TCU e exigir transparência em muitas confederações, que usam o dinheiro público para fingir que tem projetos sociais ocultos. Sem licitações alguma.
    Caso um dia isso aconteça veremos o quanto de dinheiro o nosso pais tem e esta sendo direcionado para os bolsos dos dirigentes esportivos.
    Tenho o direito de exigir a transparência e o dever de cobrar dos ministério público e tcu que isso seja feito. Caso contrário teremos mais um fiasco nas próximas olímpidas.
    Se liga BRASIL!!!!!

    Curtir

  5. Tamy Albuquerque Fernandes agosto 21, 2009 — 3:28 pm

    Caro Alberto,
    Sempre estou acessando este seu blog e cada vez mais fico muito bem informada.
    EU COMO UMA CIDADÃ BRASILEIRA, QUE PAGA UMA CARGA TRIBUTÁRIA ALTÍSSIMA SEM UM RETORNO DIGNO CONFORME A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, TENHO MUITA ESPERANÇA TAMBÉM QUE O TCU E O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL IRÃO PUNIR AS MAZELAS OLÍMPICAS DO BRASIL.
    AFINAL DE CONTAS O DINHEIRO QUE SE DEVIAS DAS ENTIDADES, CONFEDERAÇÕES E FEDERAÇÕES É PÚBLICO E PRECISA SER FISCALIZADO.
    Parabéns Alberto.

    Curtir

  6. Força, Alberto!

    Nós, as pessoas éticas deste país, estamos com você.

    Mantenha-se firme na sua brava luta pela moralização do esporte brasileiro.

    O poder público ainda será, um dia, voltado a fomentar o esporte como saúde e formacão social do povo e não dirigido à destinar verbas para esses poucos demagogos da cartolagem.

    O Brasil precisa cada vez mais de gente como você para realizar esta transformação.

    Um grande abraço de um cidadão consciente.

    Curtir

  7. Luiz Marcelo Majauskis agosto 28, 2009 — 9:36 am

    Bom dia Alberto,
    Não há mesmo limites para o absurdo. Este governico vira e mexe intimidando, ameaçando, louquinhos para censurar oficialmente. Só lhe peço uma coisa: não imprima as 1000 charges, grave-as em meio eletrônico e entregue todas ao promotor, colaborando com o meio ambiente. 😉
    Grande abraço,
    Maja

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close