Doping em Massa No Atletismo Vira Escândalo Internacional.

Ontem recebi dois e-mail do exterior, indagando a minha opinião sobre os vários atletas flagrados no exame anti doping às vésperas do mundial de atletismo, em Berlin. Já postei neste Blog um texto de elogio ao trabalho do Grupo Rede em prol do atletismo. Minha concepcção sobre o projeto deles continua a mesma. Conheço pessoalmente Jorge Queiróz, dono do Grupo. É um empresário de sucesso que, como ex atleta, resolveu, de boa fé, investir no atletismo, tanto na base, assim como no alto rendimento. Também já publiquei neste mesmo Blog um outro texto expondo as falhas gritantes e já comprovadas dos exames anti doping realizados em território brasileiro.

Ocorre que Jorge Queiróz foi ludibriado. Embarcou, repleto de boas intenções, em um barco cheio de marinheiros controvertidos. Para quem conhece o atletismo de perto, não é surpresa o que ocorreu. Há muito se fala que, cedo ou tarde, esses atletas seriam flagrados em algum exame. E tanto tal é verídico que basta ler as mídias de ontem e de hoje. Aconteceu, finalmente. Quero ver o que essa turma vai dizer agora.

Posso afiançar que Jorge Queiróz nada tem a ver com a atitude criminosa que seus subordinados cometeram. Seu desapontamento é sincero. Já os atletas, técnicos e afins, não é de hoje, merecem investigação severíssima. E, em minha opinião, até como Árbitro da Corte Arbitral do Esporte, após concluído o devido processo legal, essa gente, incluindo o tal treinador,  merecerá a mais dura das punições. O doping é a antítese do esporte. É a falcatrua. A trapaça. O crime. O mau caratismo.

O esporte é um meio de vida saudável e não uma propaganda de morte, como fazem esses que orientam a tomar substâncias proibidas, bem como esses que a consomem.

E, ao que parece, o Comitê Olímpico Brasileiro e a Confederação Brasileira de Atletismo estão fazendo gestões junto ao Grupo Rede para que não acabe com a equipe. O Comitê interpreta que isso causaria muito mal à já combalida candidatura olímpica carioca.

Categorias olimpismo

8 comentários em “Doping em Massa No Atletismo Vira Escândalo Internacional.

  1. Em primeiro lugar, é inominavel atleta fazer isto e em segundo ainda bem que a propria confederação é que constatou as falcatruas e não a Federação Mundial, menos mal!

    Curtir

  2. A confederação sabia disso fazia muito tempo. Por razões que nuca vamos saber, não conseguiram mais segurar os casos.

    Curtir

  3. Acabo de ler um notícia na primeira página do UOL, em que o Jayme pede desculpas, e diz que não sabia que a EPO seria um doping. Ele alega que foi instruido por um medico de que a droga ajudaria apenas na recuperação dos atletas. As declarações foram apoiadas pelo dono da equipe e pelo Gesta, presidente da CBA. Em resumo, são todos uns picaretas e safados.

    Curtir

  4. É Alberto, agora a coisa foi pro ralo de vez, acho que agora cabe cobrar do governo a devolução dos recursos empregados na preparação dos atletas olímpicos, como o COB controla o antidoping no Brasil, achavam que nunca iam ser descoberto, mas lá fora o buraco é mais embaixo.
    É uma fraude sem tamanho, estamos vendo atletas dopados, pagos com dinheiro oriundo de renúncia fiscal do governo (incentivo ao esporte) e verbas federais, (percentagem das loterias federais) indo representar o Brasil lá fora, isso pode caber até sanções do COI, como podem querer que o Brasil faça parte dos eventos com esse retrospecto?
    Creio que agora vai ser ladeira abaixo, será que a Rebeca Gusmão gostaria de dar uma entrevista reveladora agora? Ela deve saber muitas histórias também.

    Curtir

  5. Pois é!

    Curtir

  6. É realmente lamentável a divulgação deste casos de doping no atletismo,o que teve como consequênacia a retirada do técnico Jayme Netto do esporte,ele que foi
    o treinador das equipes medalhistas do 4×100 de 1996-Atlanta e Sidney.
    Esta modalidade que não conquista medalhas individuais nas provas de pista
    desde Seul,1988,com o fantástico Joaquim Cruz,prata nos
    800 e como ótimo atleta Robson Caetano,bronze nos 200m.
    O pior é que estamos sem destaques nestas provas que tínhamos tradição ,desde a “parada” de Claudinei Quirino.
    É realmente triste ver que o atletismo,que tem “tudo a ver” com o Brasil não vai “bem das pernas”,com exceção dos saltos e maratona.

    Curtir

  7. Nilson Duarte Monteiro agosto 5, 2009 — 9:00 pm

    Fala Alberto,

    Seu irmão que frenquenta um Forum de atletismo, sabe da minha luta contra essa praga que é o doping.

    Há anos que venho batendo na mesma tecla, que a ANAD deveria concentrar seu combate ao doping nos exames fora de competição, que eles estavam jogando dinheiro fora examinando esses atletas em competição, e por causa disso (você sabe) eu fui ameaçado de ação judicial por um advogado da CBAt.

    A prova cabal de que eu estava certo veio agora com essa devassa.

    Meu amigo, isso é apenas a ponta do iceberg, se os caras da CBAt quiserem mesmo acabar com essa praga, deveriam ir com mais sede ao pote, mas, podem contrariar muitos interesses, assim como faz a IAAF, COI, WADA, só pegam quem eles querem ou não mais interessam aos interesses deles.

    Curtir

  8. Acho que está havendo um equivoco aqui. O doping foi feito no Brasil em Presidente Prudente e não no exterior. Foi feito pela própria CBTa em 15 de junho!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close