O Blog Do José Cruz. Pela CPMI Olímpica Já. Fiquem De Olho Como O Ministério Do Esporte Gasta O Seu Dinheiro. Esse Ministro Orlando Silva Gasta Dinheiro Pensando Na Sua Candidatura A Deputado Federal Por São Paulo. Falta Vergonha Na Cara.

http://www.dzai.com.br/blog/blogdocruz

03.03.2009
Investigação profunda

Na sexta-feira, conversei com o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) sobre o projeto de lei de sua autoria, para que verbas da Lei Agnelo Piva sejam distribuídas, também, aos clubes sociais.

Em resumo

Ontem, conversei com o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ), sobre o seu pedido de instalação de uma comissão de inquérito para averiguar o uso do dinheiro público em projetos olímpicos, gerenciados pelo COB. Essa proposta vai ao encontro de outra, com o mesmo objetivo, do senador Álvaro Dias. Assim, se apensadas, tais propostas poderão provocar a desejada Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI).
Ainda na agenda legislativa, amanhã a Comissão de Turismo e Esporte da Câmara elegerá o seu presidente.
Nesse calendário, cujas metas maiores, como a CPMI, começaram a ser discutida no ano passado, o que precisa ficar claro é que essa comissão de inquérito seja abrangente.
Ontem, escrevi neste espaço que o Comitê Paraolímpico Brasileiro também fosse investigado. Essa é a expressão: investigar. Que não nos iludamos com os relatórios do Tribunal de Contas da União, pois esses, se têm nível técnico apurado, nem sempre recebem voto à altura em plenário, porque o TCU, sabe-se bem, é um órgão político.
Não adianta o deputado Otávio Leite querer tratar,agora, de um assunto que está intimamente ligado a outro.

Nova proposta

O orçamento do Ministério do Esporte merece atenção especial dos especialistas em contas públicas. Os repasses sociais que ali ocorrem anualmente chegam, muitas vezes, a instituições de companheiros de partidos de vários municípios, como já se denunciou. É verba pública que sugere campanha eleitoral a longo prazo. Por isso, precisa ser investigado.

Que os clubes sociais precisam de recursos, não há dúvidas, mas há outras fontes que podem se socorrer, como a Lei de Incentivo ao Esporte. Isso para cessar, temporariamente, os retalhos na legislação, para que a força parlamentar concentre sua atençao nas investigações sobre os gastos olímpicos, paraolímpicos e, sugiro, ministeriais e das estatais que investem no esporte.

Porque o Ministério do Esporte repassou dinheiro para a UNE? Que serviços essa histórica instituição nacional presta ao esporte? que competição promove? que atleta financia? O assunto é antigo, vem do tempo do ministro Agnelo Queiroz e até a Controladoria Geral da União já se interessou pelo assunto, há algum tempo.

Por que o Ministério do Esporte libera recursos para a corrida gay, em São Paulo? que contribuição essa disparada festiva e colorida de apenas 5km trouxe ao esporte? é oportuno lembrar que São Paulo será o estado que o ministro Orlando Silva deverá sair candidato a deputado federal, dizem seus correligionários mais próximos. Isso justifica tamanha generosidade para com grupos de perfil tão distante do esporte?
Enfim, a verba pública a serviço do esporte precisa ser passada a limpo. É preciso identificar todas as fontes e conferir o seu destino, se estão, de fato, atingindo objetivos. Como diz o presidente Lula, “nunca antes na história deste país, se teve tanto dinheiro, de variadíssimas fontes para o esporte”. E os resultados?

Categorias olimpismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close