Duas Passagens Curiosas do Presidente Do COB Que Eu Vi, Com Testemunhas.

O presidente do COB tem fama de ser uma pessoa vaidosa. Quando abre a geladeira à noite e vê aquela luz na sua cara, deve ir logo pensando que se trata de uma  câmara televisiva e prepara-se, no seu íntimo, para um entrevista. Pois bem, eu e outras testemunhas assistimos a duas cenas dele que não saem das nossas cabeças e sempre que lembramos, damos risada. Não é isso não julga o seu caráter. Cada um aje como quer.

Ato Nº 1 : Ano de 1.992, Acapulco, México. Estava reunida a Assembléia Geral da Organização Desportiva Panamericana (“ODEPA”). O nosso personagem do post era, na ocasião, o Vice Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (“COB”). Eu estava lá representando meu avô que iria receber o cargo de Presidente Honorário Vitalício da ODEPA, órgão que ele viu ser criado, vice presidiu e presidiu. A sala da sessão estava repleta de gente, de repórteres de todo o mundo. Por uma porta lateral, entrariam na sala o presidentes do Comitê Internacional Olímpico (“CIO”) e da própria ODEPA, Juan Antonio Samaranch e Mario Vazquez Raña, respectivamente. Pois, o então vice-presidente do COB fica na espreita. Chama o seu fotógrafo particular (sim, ele levou um). Combina com ele que, no momento em que as portas laterais se abrissem e os dois presidentes adentrassem à sala, ele iria, rapidamente, meter-se entre os dois, o fotógrafo deveria tirar rapidamente suas chapas e ele sairia em seguida. Dito e feito. Abrem-se as portas da sala, os dois presidentes caminham em direção a ela e nosso homem apressa o passo, enfia-se entre dois, sorri, posa para fotografias e sai. O então Presidente do COB, André Gustavo Richer e o Membro do Conselho Fiscal, Pedro Barros Silva, olham para mim e, com um ar de desapontamento e vergonha, apenas sacodem a cabeça negativamente, em sinal de desaprovação.

Ato Nº 2 – Jogos Olímpicos de Sidney, na Austrália. Estavamos todos jantando (em mesas separadas), no restaurante do lobby do hotel. O já então presidente do COB vê dirigir-se aos elavadores o filho do presidente Samaranch, do CIO. Imediatamente, o Presidente do COB levanta-se, deixa na mesa mulher, puxa sacos, periquitos e papagaios e inicia desabalada carreira a ponto de ainda chegar a tempo de entrar no mesmo elevador que o filho do Presidente do Comitê Internacional Olímpico entraria. E assim ele fez. Um de nós, de nossa mesa, viu a cena. E, apenas por curiosodade, foi atrás do homem e também adentrou no mesmo elevador. Viu que o presidente do COB grudou no Samaranch Júnior e nada mais vez do que cumprimentá-lo e lhe dar sorrisos. Samaranch Júnior desce no seu andar. E o Presidento do COB, minutos mais tarde, já estava sentado novamente em sua mesa, acabando o seu jantar que, a esta altura, já devia ter esfriado.

Há muitas histórias. Essas são apenas duas, curiosas passagens do nosso homem.

Categorias olimpismo

Um comentário em “Duas Passagens Curiosas do Presidente Do COB Que Eu Vi, Com Testemunhas.

  1. Nilson Duarte Monteiro fevereiro 6, 2009 — 12:14 am

    Fala Alberto,

    Isso mostra que ele para subir na vida, pisa até no pescoço da mãe.

    Alberto, não querendo ser chato, mas, já sendo, em vez de você escrever CIO ao se referir ao Comitê Olímpico Internacional, poderia escrever COI?? Não sei o motivo de você escrever CIO, mas, é que todo mundo está acostumado a chamá-lo de COI e, CIO parece coisa de cachorro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close