O Nosso Paisinho Olímpico – Por José Cruz

O paisinho que ainda tem o que aprender

Ao liberar R$ 85 milhões para a candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos de 2016, o presidente Lula protestou, em tom indignado: “Qual a explicação para que nunca tenhamos tido uma Olimpíada na América do Sul? O Brasil não é um ‘paisinho’ qualquer”. E concluiu: “Em qualquer critério que venha a ser analisado, o Brasil se coloca entre os 10 maiores países do mundo”.

É verdade, não somos mais um “paisinho”. Houve progressos expressivos, deve-se reconhecer. Mas é exagero afirmar que estamos entre os 10 do mundo “em qualquer critério”. Como disse o poeta, “tudo depende do ângulo com que se mira o cristal”. E, então, teremos várias cores e tonalidades variadas.

E já que estamos falando de esportes, vamos mirar a afirmação do presidente Lula sob esse enfoque. No critério olímpico não estamos entre os 10 do mundo. Aí, a realidade é mais dura. Exemplo batido, mas é preciso citá-lo: há 24 anos o nosso atletismo não ganhava uma medalha de ouro olímpica. Esse triste recorde de um quarto de século era de Joaquim Cruz. Na Olimpíada de Sydney, em 2000, chegamos ao último dia de prova dependendo do desempenho de um cavalo para ganhar uma, uma só medalha de ouro. E o cavalo, Baloubet de Rouet, empacou.Mais uma virada no cristal e observaremos que não temos política de esportes. Em qualquer “paisinho”, socialista ou capitalista, de ontem e de hoje, a atividade física na escola é programa elementar. Não no Brasil, onde faltam equipamentos, instalações e incentivo aos professores, desmotivados pelo abandono da classe nos últimos anos.

E estamos nessa situação mesmo contando com ministérios do Esporte, da Educação e da Saúde. No entanto, que programas integrados de governo temos para nossa juventude, culminando com a identificação de atletas? Olhando o cristal sob esse enfoque somos, sim, um paisinho. E não é por falta de dinheiro. Ocorre que o brasileiro desconhece o potencial de seu país e se contenta com pouco. Um pódio olímpico é motivo para festa espetacular. Como se fôssemos os melhores, imbatíveis. Uma medalha na natação é manchete nacional e festa que dura uma semana. E estamos falando de um “paisinho” de 33 milhões de crianças matriculadas em escolas públicas…

Mas não sabemos como encaminhá-las para explorar os seus potenciais, seja no esporte, nas artes, enfim. Isso porque falta aos ocupantes do Ministério do Esporte compromissos com o setor. São políticos de passagens transitórias pela Esplanada. Logo, suas prioridades são outras, como a própria projeção de seus partidos.

Enquanto isso ,

…. quando se tem alguma iniciativa para se tentar fazer um mínimo com o dinheiro disponível, a corrupção aparece em primeiro lugar. Nesse ponto sim, presidente Lula, estamos, com certeza, entre os 10 países do mundo. Mas esse, sabe-se, é o pódio da vergonha.

Querem ver? Há muito tempo a imprensa vem denunciado que o programa Segundo Tempo, destinado a manter as crianças na escola por mais um turno é uma enorme farsa. Provas sobre isso não faltam.

A mais recente é um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), que está dando dor de cabeça enorme a técnicos do Ministério do Esporte, para tentar explicar onde foi parar o dinheiro que não chegou ao seu destino.

O relatório é sobre auditorias em instituições do Rio de Janeiro que recebem verba do Segundo Tempo. Os dados que ali constam são de arrepiar. Lá pelas tantas diz que o Ministério do Esporte destinou à ONG Viva Rio recursos para atender 50.248 crianças. No entanto, só encontraram 34 mil crianças cadastradas. Que fim levaram os recursos que atenderiam 16.248 crianças ?

Os auditores também constataram que foram pagas despesas por serviços que não realizados, além de convênios com instituições que não tinham estrutura mínima para desenvolver o Segundo Tempo.

Em outro convênio, pagou-se R$ 60 mil por material esportivo adquirido de uma empresa – acreditem – fornecedora de alimentos. Pior: pagou-se e os tênis não foram entregues. Em que categoria o presidente Lula enquadraria o nosso Brasil diante dessa evidência de corrupção ?

 Por José Cruz

Categorias olimpismo

4 comentários em “O Nosso Paisinho Olímpico – Por José Cruz

  1. Nilson Duarte Monteiro novembro 28, 2008 — 12:26 pm

    Olá Alberto,

    Eu morava numa cidade do Goiás, a cerca de 40km de Brasília, lá tem o famoso programa “Segundo Tempo”. Procurei pela cidade inteira qual era a instituição agraciada com o dinheiro do tal programa, nunca consegui encontrar. Essa procura durou 4 anos, aí cansei.

    Curtir

  2. Nilson Duarte Monteiro novembro 28, 2008 — 12:26 pm

    Olá Alberto,

    Eu morava numa cidade do Goiás, a cerca de 40km de Brasília, lá tem o famoso programa “Segundo Tempo”. Procurei pela cidade inteira qual era a instituição agraciada com o dinheiro do tal programa, nunca consegui encontrar. Essa procura durou 4 anos, aí cansei.

    Curtir

  3. DE REAL A VIRTUAL
    OS PROGRAMAS SOCIAIS, QUE ERAM REAIS COM NUMEROS REAIS E CERTAMENTE SERVIAM DE EXEMPLO A MUITOS PAÍSES CONSEGURIAM SER TRANSFORMADOS EM PROGRAMAS VIRTUAIS .OS RECURSOS PREVISTOS PARA ATENDER A PROGRAMAS COMO O SEGUNDO TEMPO HOJE ESTÃO EM FASE DE INSTINÇAO , E SE ESTE MINISTRO E SUA “EQUIPE”CONTINUAR OS RECURSOS SERÃO TOTALMENTE EXTINTOS.O PIOR QUE OS SENHORES IRÃO PERCEBER O QUE FALO ENTRE 6 MESES A 1 ANO POIS TERMOS MILHARES DE CRIANÇAS NOVAMENTE EXPOSTAS A OCIOSIDADE DAS NOSSAS RUAS,QUE CERTAMENTE AS LEVARAM A REINICIAR A PRATICA DE VÁRIOS TIPOS DE DELITOS.SINTO MUITO COMO CIDADÃO E FICO INDIGNADO COMO CONTRIBUINTE AFINAL VER NOSSO DINHEIRO SENDO DESVIADO E NADA SENDO FEITO PELAS AUTORIDADES CONSTITUIDAS.ESPERO QUE O PRESIDENTE NÃO ESPERE O FIM DE SEU MANDATO PARA TOMAR PROVIDENCIAS.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close