Seguro Feito Pela FIFA Demonstra Falta de Confiança Nos Países Emergentes

Tenho falado e escrito que uma das razões pelas quais o Rio de Janeiro não vencerá o pleito para a sede dos Jogos Olímpicos (ler posts anteriores), é a falta de confiança que os Países emergentes ainda despertam nos organismos mundiais responsáveis pelas organizações das grandes competições desportivas, mais propriamente, a Copa do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos

A Fifa anunciou um seguro de US$ 650 Mi caso as Copas de 2.010 e 2.014 (África do Sul e Brasil) não se realizem e tenham que mudar de País. A Fifa diz que isso é usual. Não é usual coisa nenhuma! A FIFA dá como razão a crise financeira mundial. Até que é uma desculpa que poderia ser aceita nos dias de hoje. Mas tabém não é só isso.

O fato real é que nem a África do Sul, nem o Brasil, por suas peculiaridades, dão confiança de que a competição futebolística realizar-se-á sem sustos. A FIFA, quando elege um País como sede da Copa do Mundo, assume uma série de compromissos escritos com seus patrocinadores, mediante as assinaturas de contratos milionários. Se a FIFA não entrega o que prometeu, o seu produto, ou seja, a Copa do Mundo, está sujeita à penalidades contratuais altíssimas. Nunca agradou muito à FIFA, em tempos recentes, essa obrigação estatutária de fazer um rodízio entre os continentes, razão unica, aliás, pela qual África do Sul e Brasil lograram organizar os certames. Tanto tal é verídico que eliminou isso do seu Estatuto.

O Comitê Internacional Olímpico, por sua vez, nunca deu importância a esse rodízio. E continuará não dando.

Uma Copa do Mundo é um evento completamente diferente de Jogos Olímpicos. A Copa do Mundo é sediada por um País. As Olimpíadas, por uma Cidade. Na Copa do Mundo, os próprios Países são responsáveis por vários de seus gastos, hospedagem, alimentação, segurança da equipe e outros. Nas Olimpíadas, a Cidade sede oferece tudo, desde a hospedagem na Vila Olímpica (há um pagamento praticamente simbólico), alimentação, transporte, segurança e outros. Os investimentos dão-se, unicamente, na Cidade que abrigará os Jogos.

O fato é que tanto os Jogos Olímpicos, bem como a Copa do Mundo de Futebol, são dois dos maiores eventos mercadológicos do planeta. Envolvem milhões e milhões de dólares. E seus organizadores não podem correr riscos. A FIFA fez o seguro. O CIO não quer ter que fazê-lo. Por isso, certamente, entregará os Jogos de 2.016 a uma Cidade de um País desenvolvido, com confiabilidade internacional de anos e anos.

Categorias olimpismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close